Azul não tem previsão de retomar voos neste ano

Ponta Grossa

23 de outubro de 2020 19:30

Fernando Rogala


Relacionadas

Comércio de PG amplia as vendas em setembro

Indefinição impede acerto do horário especial de Natal

Pesquisadores da UEPG entre os melhores do mundo

Barbearia Santiago inova e amplia a oferta de serviços
Rede São Camilo arrecada alimentos no 'Natal Solidário'
Empresária da 'Car'la Wash' recebe prêmio da Fecomércio
Click Odontologia inicia plantão de atendimento aos sábados
A Azul começou a operar a rota aérea entre Ponta Grossa e Campinas em outubro de 2016, sempre operados com o avião ATR-72 Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Linha entre Ponta Grossa e Campinas foi suspensa na pandemia e não tem previsão de reinício


Não há previsão para o retorno dos voos entre Ponta Grossa e Campinas, operado pela Azul Linhas Aéreas. Suspensos no dia 23 de março, devido à pandemia do novo coronavírus, os voos entre os aeroportos Sant’Ana e Viracopos eram realizados diariamente nos dias de semana, de segunda a sexta-feira. Desde então, são exatos sete meses sem a empresa operar em Ponta Grossa, e a companhia revelou ao Jornal da Manhã e Portal aRede, em nota, que não é provável que a rota volte a ser operada em 2020. “Até o momento, não temos previsão de retomar nossas operações em Ponta Grossa ainda neste ano”, informou.

Contudo, essa não é uma condição exclusiva de Ponta Grossa: diversos voos da companhia ainda estão momentaneamente interrompidos. A Azul suspendeu quase todas as suas rotas devido ao novo coronavírus, e, mês a mês, está retornando alguns destinos. “A Azul já alcançou, em outubro, uma média de 505 voos diários, para 89 destinos. A capacidade doméstica planejada representa cerca de 60% da operação da companhia em relação ao mesmo período do ano passado”, respondeu a companhia, através de nota. A retomada, segundo a empresa, seguirá acontecendo somente com melhorias na economia nacional, com o aumento da demanda.

A Azul foi a primeira empresa aérea a ter voos comerciais na última década no aeroporto Sant’Ana, após a reforma do aeroporto, concluída em meados de 2016. O primeiro voo da companhia, na rota Campinas - Ponta Grossa, ocorreu no dia 13 de outubro de 2016. Desde então, a empresa, ano a ano, aumentou o número de voos e o volume de pessoas transportadas. Em 2018, por exemplo, foram 326 voos, que subiram para 366 em 2019. 

Em janeiro de 2020, a Voepass começou a operar em Ponta Grossa, com os voos com destino à capital paulista, ao aeroporto de Congonhas. Até março, as duas companhias operavam no município. Agora, sem a operação da Azul, a única empresa a operar na cidade é a Voepass, que retomou os voos para São Paulo em setembro. A partir de novembro, os voos ocorrem duas vezes por semana, nas quartas e fins de semana.


Voos entre PG e Foz do Iguaçu começam neste fim de semana

A empresa Voepass inicia neste sábado os voos para Foz do Iguaçu. De acordo com a programação da empresa, o avião ATR-72 vai pousar em Ponta Grossa, vindo de São Paulo (Congonhas), às 14h15, e vai decolar às 14h45 do aeroporto Sant’Ana para o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu – Cataratas, onde vai pousar às 16h10. Do outro lado, o primeiro voo vindo de Foz do Iguaçu está previsto para decolar às 8 horas, e pousar em Ponta Grossa às 9h25. A aeronave decola em direção ao aeroporto de Congonhas às 9h55, com previsão de pouso às 11h20 na capital paulista. Depois desse voo inaugural, os voos entre Ponta Grossa e Foz do Iguaçu partem do município às quartas-feiras e sábados, às 11h40, com chegada em Foz do Iguaçu às 13h05. Já a linha inversa, de retorno a Ponta Grossa, partem de Foz do Iguaçu às quartas às 14h30 e domingos às 8h, com chegada em Ponta Grossa às 15h55 e às 9h25 respectivamente.

PUBLICIDADE

Recomendados