PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Pauliki e Zampieri falam após tentativa de atentado

Ponta Grossa

26 de outubro de 2020 14:18

Afonso Verner


Relacionadas

Em PG, UTI's estão com 100% de ocupação

Associação Comercial questiona fiscalização a comerciantes

Tenente dos Bombeiros explica atropelamento em vila de PG

Adolescente é atropelado e fica em estado gravíssimo em PG
Procon orienta sobre bloqueio de ligações de telemarketing
Empresários do comércio querem venda por delivery
Cesta básica passa a custar R$663,67 em Ponta Grossa
Foto: Reprodução / Live
PUBLICIDADE

Candidatos foram até delegacia para prestar depoimento. Caso foi registrado na região do Ouro Verde

O prefeiturável Marcio Pauliki (SD) e o candidato a vice, Ricardo Zampieri (Republicanos), foram até sede da Polícia Federal, em Ponta Grossa. A dupla foi vítima de uma tentativa de atentado na região do Ouro Verde, no final da manhã desta segunda-feira (26). No local, um homem foi preso com uma pistola próximo aos candidatos, além de uma quantidade de cocaína - segundo a Guarda Municipal (GM), não houve disparos.

Ao ir até a sede da Polícia Federal, Pauliki contou que populares renderam o homem até a chegada da Guarda Municipal (GM). “Os populares seguraram o rapaz e em três ou quatro minutos a Guarda Municipal já estava lá. Foi um susto, mas a gente não abre mão de estar próximo da população”, explicou Pauliki.

Já o candidato a vice, Ricardo Zampieri, destacou que a campanha da dupla seguirá “propositiva”. “Não é uma questão política, é uma questão de segurança. O que sofremos hoje é o que a população vive diariamente”, afirmou Ricardo também antes de entrar na sede da Polícia Federal. 

Pauliki destacou o “susto”. “Todo o dia fazemos uma oração, foi por Deus. Nessa hora a gente lembra da família, dos meus filhos”, disse. “Ontem era o dia da democracia, isso foi um atentado à democracia”, afirmou Marcio.

PUBLICIDADE

Recomendados