Colégio Professor Colares passará a ser cívico-militar

Ponta Grossa

29 de outubro de 2020 15:38

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

PG registra 75 novos casos da Covid-19 nesta segunda-feira

Câmara de PG faz sessão para aprovar seis projetos

Veja o custo do voto na disputa pela Prefeitura de PG

Lei trará economia na conta de água do ponta-grossense
Homem de 76 anos morre pela Covid-19 em PG
Mabel propõe premiação para incentivo à cultura
PG deve registrar temperaturas acima dos 30°C nesta semana
Modelo passará a vigorar a partir de 2021 Foto: Cristiano Barbosa
PUBLICIDADE

Foram 304 votos favoráveis e 23 contrários à adoção do modelo na instituição de PG. Consulta pública segue outros três colégios

Com uma expressiva votação, o Colégio Estadual Professor Colares foi a primeira instituição ponta-grossense que passa a adotar o modelo cívico-militar a partir de 2021. A decisão foi tomada através de uma consulta pública nesta terça-feira e quarta-feira (27 e 28), que envolveu a comunidade escolar (professores, funcionários e pais).

Foram 304 votos favoráveis e 23 desfavoráveis (93% x 7%), com um total de 541 alunos matriculados. Para a adoção do modelo é necessário ‘50% + 1’ dos votantes, validando a consulta pública. Há, ainda, outros três colégios estaduais em Ponta Grossa que estão passando pelo mesmo referendo: José Elias da Rocha, General Antonio Sampaio e Frei Doroteu.

Mais cedo, a Secretaria da Educação e do Esporte do Paraná prorrogou, até a próxima sexta-feira (30), o prazo de votação para a consulta pública em Ponta Grossa e no estado. No total, são 216 escolas tradicionais que podem adotar o modelo cívico-militar.

PUBLICIDADE

Recomendados