Perfil: Conheça o prefeiturável Professor Edson

Ponta Grossa

13 de novembro de 2020 20:00

Afonso Verner


Relacionadas

PG soma mais duas mortes por covid-19 neste domingo

HU-UEPG desmente “fake news” sobre colapso

Dois rapazes são atacados a tiros na saída de casa em PG

Mulher é presa com mais de 11 quilos de drogas em PG
Morte de Paulão da Trem Fantasma comove PG
Toque de recolher: fiscais encontram nove bares abertos
Rapaz é morto a tiros no portão de casa em PG
Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Petista tem buscado defender o legado do Partido dos Trabalhadores e retomar representatividade do partido na cidade

O Partido dos Trabalhadores (PT) tinha uma forte representatividade em Ponta Grossa, elegendo vereadores, prefeito e deputado nas últimas décadas. No entanto, o impeachment da presidente Dilma Rousseff representou uma crise para o partido. Em 2020, a legenda busca retomar o espaço perdido e tem como representante o professor Edson Armando. 

Docente da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Edson tem mestrado e doutorado e fez parte do governo de Péricles de Mello no comando da Prefeitura (2001-2004). Armando estreou na vida pública em 2016, quando disputou o cargo de vereador e teve uma votação tímida. Em 2020, o petista decidiu alçar vôos mais altos e representar o PT em uma disputa pela Prefeitura. 

Em parceria com o PCdoB, o PT apresenta uma chapa formada por Edson e tendo como vice Pastor João Carlos (PCdoB) - o religioso está aposentado das atividades como pastor e assim decidiu ingressar na vida pública. João Carlos fez carreira no Exército da Salvação, voltado ao atendimento de pessoas em situação de risco e de vulnerabilidade social. 

A dupla tem buscado defender o legado do PT em políticas sociais, como é o caso dos programas Mais Médicos,  Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida. Defender os avanços conquistados nestes dois setores foi o tom da campanha da dupla, feita com orçamento modesto e pouco mais de um minuto no rádio e na TV. 

Além disso, o PT também sonha em voltar a ter um representante na Câmara Municipal de Vereadores. Em 2012, por exemplo, a legenda elegeu dois vereadores, além de levar um candidato ao segundo turno na disputa pela Prefeitura. 

PUBLICIDADE

Recomendados