Comércio projeta alta nas vendas nesta Black Friday

Ponta Grossa

23 de novembro de 2020 20:56

Fernando Rogala


Relacionadas

Nova secretária de segurança se reúne com lideranças em PG

PG supera Curitiba no total de casos ativos da Covid

Sebrae disponibiliza conteúdo para quem quer empreender

Ede Pimentel quer representar demandas populares em PG
Autoridades identificam jovem morta após acidente em PG
Acidente deixa dois feridos na região central de PG
PM prende jovem acusado de tráfico de drogas em PG
Lojas já está se preparando para a data. Algumas já anteciparam algumas promoções Foto: Cristiano Barbosa
PUBLICIDADE

Lojistas de Ponta Grossa, do comércio de rua e internet, estão otimistas com um crescimento nas vendas neste ano

Nesta sexta-feira (27) ocorre a data que ficou marcada, nos últimos anos, como uma das principais em vendas para o comércio no Brasil. Trata-se da ‘Black Friday’, dia que lojas do comércio varejista prometem grandes promoções aos clientes, com a venda de produtos por menos da metade do preço, em alguns casos. Neste ano, impactado pela pandemia, em que diversas lojas acumulam queda nas vendas, os lojistas estão otimistas para um crescimento nas vendas, na comparação com 2019, e, da mesma forma, os consumidores demonstraram estar mais ávidos para aderir às promoções. 

Uma sondagem da Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio PR) mostrou que 44% dos paranaenses veem vantagens na campanha de descontos. Em comparação com 2019, aumentou o percentual de entrevistados que aproveitam para comprar mais na Black Friday, com 31,4%, além dos 62,1% que dizem consumir mais às vezes, dependendo da oferta ou desconto. Para 12,7% dos entrevistados, a Black Friday já servirá para fazer compras de Natal. 

A empresária e diretora de comércio da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (Acipg), Flávia Barrichello, informa que as lojas já se preparam para a data, para oferecer vantagens aos clientes. “A Black Friday, nos últimos três anos, vem se mostrando uma data bem forte no comércio, está inserida no calendário de vendas como uma data forte. Só não bate o Natal”, relatou. Os consumidores, destacou ela, também já se preparam para a data. “Houve uma queda inicial nas vendas em novembro, em relação aos demais meses, e até por isso as lojas aproveitaram e já anteciparam, fazendo a ‘pré’ Black, desde o dia 15. E sentimos o resultado no balcão de vendas”, acrescenta. 

Assim como Flávia, José Loureiro, presidente do Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas PG), afirma que os lojistas estão com grande expectativa, de alta nas vendas neste ano. “Fizemos a pesquisa com a Fecomércio e as vendas vão ser bem melhor, pela questão que as pessoas ficaram mais em casa, e tem muito saldo para fazer promoção. Então vai haver mais ofertas do que nos anos anteriores, e da mesma forma, vai ter mais gente comprando. Vai haver crescimento tanto nas lojas de rua, quanto pela internet, que deverá vender ainda mais”, destacou Loureiro.


Varejista se prepara para data

A Lojas MM está se preparando para a Black Friday, com promoções previstas não apenas para sexta-feira (27), mas também para sábado. O diretor comercial da Lojas MM, Marcos Ribeiro Camargo, assegura que a Black Friday se transformou no ‘start’, na deflagração para as compras de Natal, que cada ano ganha mais importância no digital e nas lojas físicas. “Os preparativos estão a toda, porque o grande desafio é o logístico, das lojas terem os produtos para os clientes levarem na hora. Como há a há a segunda onda do coronavírus, o cliente pode comprar indo nas lojas, ou pelo aplicativo e retirando na loja, ou escolhe comprar pelo site e receber em casa. E temos o canal MM Zap, com uma equipe de mais de 20 pessoas recebendo as demandas e encaminhado para lojas mais próximas”, relatou, garantindo grandes promoções em todos os setores da loja, para uma gama de mais de 100 produtos, de inúmeras marcas.

PUBLICIDADE

Recomendados