Justiça Eleitoral ajusta últimos detalhes para 2º turno em PG

Ponta Grossa

26 de novembro de 2020 21:00

Afonso Verner


Relacionadas

Dupla armada assalta padaria em Uvaranas; veja o vídeo

CREAS passa a atender em novo endereço em PG

Acusado de matar professora tem prisão substituída

PM detém suspeito de clonar cartões e contas bancárias
Aliel Machado pede ação do Itamaraty para garantir vacinas
Rapaz fuma maconha dentro do carro e é preso pela GM
Ponte do Matadouro preocupa autoridades de PG
Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Única cidade com segundo turno no Paraná, Ponta Grossa tem mais de 239 mil eleitores aptos a votarem no domingo (29)

Os 239.611 eleitores aptos a votarem em Ponta Grossa vão às urnas no próximo domingo (29) para escolherem a primeira prefeita da história da cidade. Com 610 sessões eleitorais dispersas em 117 locais de votação, a cidade terá mais de 2,4 mil mesários atuando durante o pleito. Por ser a única cidade paranaense com segundo turno, o município terá especial atenção por parte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE - Paraná). 

Os mais de 239 mil eleitores ponta-grossenses escolherão a primeira prefeita da nossa história: ou Mabel Canto (PSC) ou Professora Elizabeth Schmidt (PSD) ocuparão o cargo a partir de janeiro de 202. O segundo turno em Ponta Grossa é o único no Brasil a reunir duas mulheres na disputa - há disputas de segundo turno em outras 56 cidades brasileiras. 

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), desembargador Tito Campos de Paula, estará na cidade, juntamente com membros da Corte e com o diretor-geral, doutor Valcir Mombach, para acompanhar o dia de votação. A expectativa é que o resultado da eleição saia de forma rápida, ao contrário do que aconteceu no primeiro turno. 

Já nesta quinta-feira (26), a Justiça Eleitoral iniciou o transbordo das urnas para os mais de 100 locais de votação. Ao contrário do primeiro turno, quando o eleitor(a) votou também para vereador(a), a expectativa é que a votação seja mais rápida e possíveis filas diminuam nos locais de votação. Os órgãos responsáveis também já preparam ações de segurança para garantir que a votação transcorra sem maiores transtornos.

Com um índice de abstenção elevado no primeiro turno, quando mais de 23% dos eleitores deixaram de comparecer para votar, a expectativa é que também haja alta taxa de abstenção no segundo turno. Entre os motivos que causaram a alta na taxa de abstenção estão a covid-19 e a crise política e descrença do eleitorado com a política institucional. 

Mudança no horário da eleição

A eleição começa às 7h e vai até às 17h, sendo o horário das 7h às 10h preferencial para quem tem mais de 60 anos. Cerca de 2.400 mesários e mesárias vão atuar em 117 locais de votação, que reúnem 610 seções eleitorais. É preciso respeitar o mesmo protocolo sanitário do primeiro turno, com o uso obrigatório de máscara e distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas - fiscais estarão cobrando o cumprimento de questão sanitárias e de distanciamento social. 

Propaganda

Em Ponta Grossa, é possível denunciar irregularidades ao Ministério Público Eleitoral pelo telefone (42) 3222-3939 ou pelo e-mail [email protected] O aplicativo Pardal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também recebe denúncias de infrações eleitorais.

PUBLICIDADE

Recomendados