Homem quase tem dedos decepados e ‘abandona’ socorro

Ponta Grossa

27 de novembro de 2020 11:29

Da Redação


Relacionadas

Rapaz leva tiro na perna e polícia busca autores em PG

PG soma mais duas mortes por covid-19 neste domingo

HU-UEPG desmente “fake news” sobre colapso em PG

Dois rapazes são atacados a tiros na saída de casa em PG
Mulher é presa com mais de 11 quilos de drogas em PG
Morte de Paulão da Trem Fantasma comove PG
Toque de recolher: fiscais encontram nove bares abertos
Vítima foi levada ao PSM, mas desistiu do atendimento antes de ser avaliado pelo médico Foto: Márcio Lopes/aRede
PUBLICIDADE

Vítima atacada com facão foi levada ao hospital, mas decidiu ir embora pouco tempo depois

Um caso curioso foi atendido pelo Corpo de Bombeiros na noite desta quinta-feira (26) em Ponta Grossa. Um homem de 32 anos foi atacado com golpes de facão e quase perdeu dois dedos das mãos. Ainda assim, ele não quis receber atendimento médico, conforme foi apurado no local.

A ocorrência foi na Vila Coronel Cláudio, no bairro de Uvaranas, entre as ruas Manoel Marques e Benjamin Franklin. O homem atingido por golpes de facão estava bastante alcoolizado e disse que foi agredido por outro rapaz.

A vítima quase teve os dois últimos dedos da mão esquerda decepados. Ele recebeu os primeiros socorros pelo Siate e foi conduzido ao Pronto Socorro Municipal. Apesar da gravidade da lesão, ele ficou menos de dez minutos no hospital, avisou os socorristas que não iria ficar ali e foi embora. Não há informações sobre seu atual estado de saúde.

PUBLICIDADE

Recomendados