Homem é preso em convento após matar rapaz em PG

Ponta Grossa

28 de novembro de 2020 17:29

Da Redação


Relacionadas

Tudo que você precisa saber sobre a vacinação em PG

PM detêm quatro pessoas com cocaína em Uvaranas

'Ponta Grossa está preparada para a vacinação', diz Elizabeth

Casa é destruída após incêndio criminoso no Ouro Verde
Regional de Saúde recebe 'reforço' de insumos para vacinação
Butantan vai suspender acordos de vacinação com prefeituras do Paraná
Motorista é preso após engavetamento na Aldo Bonde
PUBLICIDADE

Vítima foi atingida por vários tiros e ainda foi atropelada; suspeito fugiu com esposa e criança, mas acabou preso pouco tempo depois

Um crime bárbaro mobilizou dezenas de policiais militares na Vila Gralha Azul, no bairro Contorno, em Ponta Grossa. Um jovem de  anos foi morto a tiros e ainda teve o corpo atropelado por um homem que foi preso pouco tempo depois ao lado da esposa e de uma criança.

O homicídio aconteceu por volta das 14h40 na rua Furnas, segundo o Corpo de Bombeiros. Além deles, uma equipe do Samu também esteve no local, mas os médicos e socorristas apenas puderam constatar o óbito da vítima – a identidade do jovem ainda não foi divulgada oficialmente.

Informações preliminares apontam que o rapaz foi atingido por um tiro na cabeça e, em seguida, o autor ainda passou com um carro sobre o corpo. Antes de fugir, outros tiros ainda foram disparados contra a vítima. O homem entrou num carro e fugiu ao lado de sua esposa e de uma criança.

Várias equipes da Polícia Militar iniciaram as buscas pela região atrás do autor do crime e encontraram a família em um convento nas proximidades. O casal foi conduzido à 13ª Subdivisão Policial (SDP) para prestar esclarecimentos e ainda não há informações se a mulher também responderá por homicídio ou se ela teve algum tipo de envolvimento no assassinato. Também não foi divulgada a possível motivação para o homicídio.

PUBLICIDADE

Recomendados