PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Programa aposta no poder transformador da música

Ponta Grossa

14 de novembro de 2020 14:22

Da Redação


Relacionadas

Borracharia pega fogo na região de Uvaranas em Ponta Grossa

Carro capota após acidente na Colônia Dona Luiza em PG

Homem é esfaqueado após briga em PG

Carga balança e caminhão tomba no Contorno Leste
Covid: PG tem mais três óbitos e atinge 52 mil infectados
Regional de PG receberá mais 32,9 mil doses de vacinas
Ciclista fica ferido após acidente da Visconde de Mauá
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Programa Música para Todos desperta sentimentos de esperança nesse público e permite a transformação social através da formação musical

O poder transformador da música é uma das apostas da Vara da Infância e Juventude de Ponta Grossa, Prefeitura Municipal e CCR Rodonorte para levar amor e esperança a crianças e adolescentes em situação de risco social. O programa Música para Todos tem o objetivo de despertar esses sentimentos por meio da formação musical, trazendo benefícios artístico, terapêutico e ainda de socialização inerentes à música, além de oferecer novas possibilidades profissionais aos jovens.

O projeto foi aprovado pelo Ministério da Cultura por meio da Lei Rouanet e também tem o apoio da Lei Bepe por meio da Fundação Municipal de Cultura. Durante as oficinas, as crianças e adolescentes atendidos pelo projeto têm acesso a instrumentos musicais como bateria, violão e teclado. Conforme a aptidão de cada um, os instrutores começam a direcioná-los para que se dediquem cada vez mais a um instrumento.

A música surge como possibilidade de integrar os jovens e de resgatar a autoestima de quem teve a vida afetada pelos diversos problemas sociais impostos pela sociedade. Além disso, a música tem o poder de transformar os jovens internamente através do despertar da sensibilidade e de sentimentos de amor e fraternidade. Participam do projeto jovens que têm aulas na sede do Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania (Cejusc) ou em instituições de acolhimento onde são atendidos.

PUBLICIDADE

Recomendados