Comércio de PG amplia as vendas em setembro

Ponta Grossa

30 de novembro de 2020 20:58

Fernando Rogala


Relacionadas

Morte de Paulão da Trem Fantasma comove PG

Toque de recolher: fiscais encontram nove bares abertos

Rapaz é morto a tiros no portão de casa em PG

Tudo que você precisa saber sobre a vacinação em PG
PM detêm quatro pessoas com cocaína em Uvaranas
'Ponta Grossa está preparada para a vacinação', diz Elizabeth
Casa é destruída após incêndio criminoso no Ouro Verde
Ponta Grossa se destacou como uma das cidades que teve alta nas vendas no mês de setembro, na comparação com 2019 Foto: Cristiano Barbosa
PUBLICIDADE

Na comparação com setembro de 2019, vendas cresceram mais de 6%, o terceiro melhor resultado entre as seis regiões avaliadas.

O Comércio de Ponta Grossa teve um dos melhores desempenhos do Estado do Paraná no mês de setembro. A pesquisa conjuntural da Fecomércio, realizada mensalmente, aponta que o município ampliou em 6,07% as vendas, na comparação com o mesmo mês de setembro de 2019. Em todo o estado, a pesquisa mostra que as vendas do mês de setembro foram 1,38% superiores em relação a agosto, e de 2,31%, na comparação com o mesmo mês de setembro de 2019.

Conforme a pesquisa, desde o início da pandemia, é o primeiro mês que ultrapassa o faturamento registrado no mesmo do ano anterior, impulsionado pelos setores de materiais de construção (20,13%), autopeças (13,76%), supermercados (8,23%) e móveis, decorações e utilidades domésticas (6,41%). Entre as regiões, Ponta Grossa teve o terceiro melhor desempenho, atrás apenas de Londrina (alta de 7,08%) e da região Oeste (alta de 11,91%).

Das nove áreas avaliadas do comércio na cidade, sete apresentaram crescimento, e apenas dois tiveram quedas nas vendas em relação ao mesmo mês. Os setores que mais cresceram foram os de autopeças (23,3% da alta), óticas/cine/foto/som (17,3%), supermercados (7,31%) e vestuário e tecidos (5,68%). Também estiveram positivos combustíveis, materiais de construção e farmácias. Ficaram no vermelho apenas livrarias e papelarias (-27,2%) e calçados (-43,2%)

No acumulado de janeiro a setembro, porém, o varejo paranaense teve redução de 6,92%, sobretudo as lojas de vestuário e tecidos (-39,28%) e calçados (-38,36%). Por outro lado, há segmentos que acumulam ganhos, tais como os supermercados (6,25%), móveis, decorações e utilidades domésticas (5,87%), farmácias (1,35%) e autopeças (1,13%).

Ponta Grossa, no acumulado do ano, apresenta o melhor desempenho entre as seis regiões avaliadas, com uma retração de 2,3%. A média estadual é de 6,92% negativos. Neste período de nove meses, há apenas três setores positivos nas vendas: materiais de construção (4,5% de alta), supermercados (2,3%) e autopeças (0,37%). 

PUBLICIDADE

Recomendados