PUBLICIDADE

Tatra recebe área e iniciará produção no próximo ano

Montadora recebeu a doação de uma área de quase 200 mil m² no Distrito Industrial para a construção de uma pista de testes

Pista de Ponta Grossa será inspirada na ‘Tatra Polygon’, instalada em Koprivnice, na República Tcheca.
Pista de Ponta Grossa será inspirada na ‘Tatra Polygon’, instalada em Koprivnice, na República Tcheca. -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Montadora recebeu a doação de uma área de quase 200 mil m² no Distrito Industrial para a construção de uma pista de testes

O Poder Legislativo aprovou, nesta segunda-feira (14), a doação de um terreno no Distrito Industrial de Ponta Grossa, de quase 200 mil m², para a Tatra, montadora de caminhões e veículos militares que instala sua unidade fabril no município. A área será destinada para a construção de uma pista de testes. A doação foi aprovada na sessão desta segunda-feira, em primeira discussão, e logo depois foi realizada uma sessão extraordinária, onde houve a aprovação em definitivo por parte dos vereadores. A Tatra já assinou os protocolos de intenções junto ao município e ao governo do Estado, e iniciará a produção de caminhões em Ponta Grossa já no próximo ano.

A área cedida à montadora está localizada ao lado da Arauco (antiga Masisa), e possui 199,9 mil metros quadrados, e, como um polígono irregular, conta com as seguintes dimensões: 34,9 metros de frente para a Avenida Crown, e laterais com as seguintes medidas: 873 metros, 511 metros, 506 metros, 344 metros e mais 536 metros. A pista montada deverá ter como inspiração a ‘Tatra Polygon’, construída ao lado da planta fabril da empresa na República Tcheca, onde está instalada na cidade de Kopřivnice, e aliará trechos de pista de asfalto e trechos de pista ‘off-road’, para testar os atributos dos caminhões, caracterizados para uso em situações mais extremas, em estradas de terra.

Conforme informou o secretário municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, a fabricante começará a produzir os caminhões no Brasil segundo semestre de 2021. Devido à pandemia, não foi possível antecipar a importação dos maquinários da linha de montagem da empresa, que está sendo construída no Condomínio Campos Gerais, no Distrito Industrial. Com isso, as máquinas deverão chegar em janeiro, quando começa a estruturação. A previsão é de que toda essa montagem seja concluída em até seis meses, terminando no final do primeiro semestre, para, no segundo semestre, ter a possibilidade de montar os caminhões. O investimento inicial em Ponta Grossa será de R$ 102 milhões, montante que deverá passar dos R$ 500 milhões nos próximos anos, com o crescimento do mercado e necessidade da expansão da produção.

Caminhões serão vendidos no Brasil e exportados

A Tatra pertence ao grupo CSG (Czechoslovak Group), que controla mais de 20 empresas de referência em seus respectivos ramos de atuação. No Brasil, será instalada a TatraBras, subsidiária brasileira da Tatra Trucks, montadora de caminhões que produzirá caminhões da linha ‘Phoenix’, com tração 6X6 e 8X8. Neste momento inicial, a montagem será no sistema CKD (Complete Knock Down), ou seja, com a importação das peças. Depois, haverá a aplicação das partes e peças desenvolvidas no Brasil, como motores, cabines partes, componentes e assessórios, especialmente paranaenses, incluindo a DAF, em Ponta Grossa. Os caminhões serão destinados para o mercado brasileiro e para exportação, para a América Latina e para a África.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE