PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Tatra recebe área e iniciará produção no próximo ano

Ponta Grossa

14 de dezembro de 2020 21:15

Fernando Rogala


Relacionadas

Parceria com o Judiciário regularizará 5 mil lotes em PG

Projeto Médicos de Rua atende pessoas em situação de rua

PRF apreende grande quantidade de droga em PG

Projeto de lei prevê multa para o consumo de drogas nas ruas
Empresário de PG lança livro sobre a ‘Operação Saturno’
Câmera flagra autor de atentado à Mesquita Imam Ali
Empresa inova e oferece box de armazenamento em PG
PUBLICIDADE

Montadora recebeu a doação de uma área de quase 200 mil m² no Distrito Industrial para a construção de uma pista de testes


O Poder Legislativo aprovou, nesta segunda-feira (14), a doação de um terreno no Distrito Industrial de Ponta Grossa, de quase 200 mil m², para a Tatra, montadora de caminhões e veículos militares que instala sua unidade fabril no município. A área será destinada para a construção de uma pista de testes. A doação foi aprovada na sessão desta segunda-feira, em primeira discussão, e logo depois foi realizada uma sessão extraordinária, onde houve a aprovação em definitivo por parte dos vereadores. A Tatra já assinou os protocolos de intenções junto ao município e ao governo do Estado, e iniciará a produção de caminhões em Ponta Grossa já no próximo ano.

A área cedida à montadora está localizada ao lado da Arauco (antiga Masisa), e possui 199,9 mil metros quadrados, e, como um polígono irregular, conta com as seguintes dimensões: 34,9 metros de frente para a Avenida Crown, e laterais com as seguintes medidas: 873 metros, 511 metros, 506 metros, 344 metros e mais 536 metros. A pista montada deverá ter como inspiração a ‘Tatra Polygon’, construída ao lado da planta fabril da empresa na República Tcheca, onde está instalada na cidade de Kopřivnice, e aliará trechos de pista de asfalto e trechos de pista ‘off-road’, para testar os atributos dos caminhões, caracterizados para uso em situações mais extremas, em estradas de terra.

Conforme informou o secretário municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, a fabricante começará a produzir os caminhões no Brasil segundo semestre de 2021. Devido à pandemia, não foi possível antecipar a importação dos maquinários da linha de montagem da empresa, que está sendo construída no Condomínio Campos Gerais, no Distrito Industrial. Com isso, as máquinas deverão chegar em janeiro, quando começa a estruturação. A previsão é de que toda essa montagem seja concluída em até seis meses, terminando no final do primeiro semestre, para, no segundo semestre, ter a possibilidade de montar os caminhões. O investimento inicial em Ponta Grossa será de R$ 102 milhões, montante que deverá passar dos R$ 500 milhões nos próximos anos, com o crescimento do mercado e necessidade da expansão da produção.

 

Caminhões serão vendidos no Brasil e exportados

A Tatra pertence ao grupo CSG (Czechoslovak Group), que controla mais de 20 empresas de referência em seus respectivos ramos de atuação. No Brasil, será instalada a TatraBras, subsidiária brasileira da Tatra Trucks, montadora de caminhões que produzirá caminhões da linha ‘Phoenix’, com tração 6X6 e 8X8. Neste momento inicial, a montagem será no sistema CKD (Complete Knock Down), ou seja, com a importação das peças. Depois, haverá a aplicação das partes e peças desenvolvidas no Brasil, como motores, cabines partes, componentes e assessórios, especialmente paranaenses, incluindo a DAF, em Ponta Grossa. Os caminhões serão destinados para o mercado brasileiro e para exportação, para a América Latina e para a África.

PUBLICIDADE

Recomendados