PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Novos vereadores representam renovação de 50% na Câmara

Ponta Grossa

01 de janeiro de 2021 14:00

Afonso Verner


Relacionadas

CEI da Saúde apresentará relatório final em fevereiro

Rapaz nega ser autor do homicídio na Palmeirinha

Leandro anuncia recursos para construção de arena em PG

Triângulo Carnes é sinônimo de economia e qualidade em PG
Valor lançado em IPVA na região é de R$ 342 mi em 2022
Em PG, Sicredi será a instituição financeira com mais agências
Filipe Barros anuncia pré-candidatura ao Governo do PR
Legislativo terá 19 vagas em 2021 Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Dos 19 parlamentares, apenas oito foram reeleitos e os outros 11 ou são novatos ou retornam ao Legislativo após período de afastamento

A próxima legislatura da Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG) terá 19 vereadores e representa uma renovação de 52% dos parlamentares. Dos 19 membros da atual legislatura, apenas oito conquistaram a reeleição em 2020, enquanto os outros(as) 11 parlamentares são novatos (vereadores(as) de primeiro mandato) ou retornam ao Legislativo após um período de afastamento. 

A nova legislatura toma posse nesta sexta-feira (1º) a partir das 15h. Entre os membros da próxima legislatura, foram reeleitos os vereadores Daniel Milla, Divo e Paulo Balansin (todos do PSD), Geraldo Stocco (PSB), Pastor Ezequiel (AVANTE), Felipe Passos (PSDB), Doutor Zeca (PSL) e Walter José de Souza, o Valtão (PRTB) - Valtão foi preso pelo Gaeco no último dia 15 e segue detido. 

Já o grupo de novos vereadores tem parlamentares de diversos partidos. Joce Canto (PSC), filha do ex-prefeito e comunicador, Jocelito Canto, e da deputada estadual Mabel Canto (também do PSC). Por sua vez, o PSDB elegeu o novato Doutor Erick e o Republicanos garantiu a vaga para o novato Leandro Bianco. Outro novato foi eleito pelo PSB e é Ede Pimentel, filho do ex-vereador Delmar Pimentel, falecido no último dia 15.

Entre os ex-vereadores que voltam ao Legislativo estão Julio Küller (MDB) e Izaías Salustiano. JK tem longa carreira no Legislativo e já foi secretário de Assistência Social, além de ter disputado o cargo de prefeito em 2016. Já Izaías assumiu o cargo de vereador em alguns momentos da Legislatura anterior, além de também ter ocupado cargos na Gestão Municipal. 

Também entre os novatos estão Filipe Chociai e Léo Farmacêutico, ambos eleitos pelo Partido Verde e ambos receberam 1.533 votos. Filipe é filho do articulador político, Elizeu Chociai, e foi responsável pela reestruturação do Partido da cidade, já Léo Farmacêutico também é um nova liderança no cenário político e reforçará a bancada do PV no Legislativo. 

Já o Democratas (DEM) mantém a cadeira que tem no Legislativo com Jairton da Farmácia, também novato na Casa de Leis. O Solidariedade (SD), grupo liderado por Marcio Pauliki, elegeu a Missionária Adriana Jamier, para o primeiro mandato. Por sua vez, Josi Kieras + Coletivo garantiram a primeira cadeira do PSOL em uma candidatura coletiva e inédita. 

Câmara tem presença histórica de mulheres

A Câmara Municipal de Ponta Grossa terá uma presença histórica de mulheres na próxima legislatura. Três mulheres conquistaram uma vaga no Legislativo Municipal:  Missionária Adriana (Solidariedade), Joce Canto (PSC) e Josi Mais Coletivo, (PSOL). O trio representa o maior número de mulheres presentes numa mesma legislatura na Câmara. Anteriormente houve uma ou duas mulheres em cada legislatura da Câmara. 

PUBLICIDADE

Recomendados