PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Covid-19: Servidores da Prefeitura de PG afastados devem ser reavaliados

Ponta Grossa

18 de janeiro de 2021 23:15

Afonso Verner


Relacionadas

Câmara Municipal vota para PG adquirir vacinas

Seguro DPVAT: tire suas dúvidas

Com 24 mil casos, PG inicia semana sem leitos de UTI

Mercado da Família mantém atendimento na pandemia
Fuga de soldado mobiliza comando do 13º BIB
Moradores improvisam para ter água nas casas de Itaiacoca
Cachorro é encontrado dentro de bueiro em Uvaranas
Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Ordem de serviço assinada pela prefeita Elizabeth Schmidt (PSD) determina reavaliação dos servidores acima dos 60 anos afastados do trabalho presencial

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) publicou nesta segunda-feira (18) uma ordem de serviço tratando do retorno de funcionários acima dos 60 anos ao trabalho presencial. O retorno dos servidores foi determinado por um decreto publicado na semana passada e assinado pela prefeita, Professora Elizabeth Schmidt (PSD). A nova ordem de serviço determina que os servidores afastados sejam reavaliados. 

A ordem de serviço determina que todos os servidores públicos municipais da Administração Direta e Indireta afastados das atividades presenciais em virtude de alguma comorbidade atestada e em razão das medidas para enfrentamento da  covid-19 devem ser reavaliados. Esses trabalhadores deverão encaminhar, via protocolo, no período de 18 a 25 de janeiro de 2021, os documentos comprobatórios dessa condição para o seu respectivo Departamento Administrativo ao Serviço de Medicina de Trabalho para serem reavaliados

“Os servidores deverão aguardar comunicado do Serviço de Medicina do Trabalho quanto a necessidade do retorno presencial para a atividade laboral do servidor ou se este deverá cumprir sua jornada, preferencialmente, em regime de teletrabalho/ home office”, diz a determinação oficial. 

O documento rege ainda que respeitadas as especificidades de cada emprego, enquanto perdurar o período da análise da documentação protocolada, os servidores requerentes ficarão sob regime de teletrabalho/ home office, conforme atividades atribuídas pela sua Chefia imediata. 

Opções para os servidores

Para àqueles casos em que não for possível a apresentação dos documentos comprobatórios dentro do período especificado nesta Ordem de Serviço, o servidor(a) deverá ser apresentada justificativa ao Serviço de Medicina do Trabalho para que este promova o reagendamento da presente avaliação, sob pena de indeferimento da solicitação e retorno imediato às respectivas atividades de forma presencial. 

“Caberá aos Departamentos Administrativos de cada Órgão zelar pelo fiel atendimento ao contido nesta Ordem de Serviço, comunicando aos servidores afastados a necessidade do cumprimento dos prazos e o envio dos documentos comprobatórios”, diz o documento. 

PUBLICIDADE

Recomendados