PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Foragido morre em tiroteio com a polícia em PG

Ponta Grossa

20 de janeiro de 2021 07:49

Da Redação


Relacionadas

Obras podem afetar abastecimento de água nesta segunda

Múltipla colisão faz veículo tombar na BR-376

Jovem de 19 anos é esfaqueada no DER em PG

Acidente na Souza Naves deixa motociclista em estado grave
Mutirão de Vacinação aplica 1ª dose em mais de 3,2 mil idosos
PG chega a 420 mortos e quase 24 mil casos da covid
PG inicia 2ª dose da vacina em idosos com mais de 90
PUBLICIDADE

Suspeito já teria participado de outro confronto com a PM durante a manhã de terça-feira no bairro Cará-Cará

Um rapaz de 23 anos morreu na noite desta terça-feira (19) ao se envolver num tiroteio com a Polícia Militar no bairro Chapada, em Ponta Grossa. Ele era procurado pelo crime de homicídio e já tinha se envolvido em outro confronto armado com a polícia durante a manhã no bairro Cará-Cará e que terminou com uma pessoa ferida. Ainda há um terceiro envolvido na primeira troca de tiros que ainda não foi encontrado.

De acordo com a Polícia Militar, a equipe fazia patrulhamento pela rua Jânio Quadros por volta de 20h45 quando percebeu que o rapaz ficou nervoso e pulou o muro de uma residência. Quando houve a tentativa de abordagem, o suspeito tentou fugir novamente, mas foi interceptado por outra equipe da PM. Para se livrar da abordagem, o rapaz sacou uma arma e atirou contra a polícia, provocando o confronto.

LEIA TAMBÉM: Polícia cerca bairro de PG em busca de foragidos

O suspeito foi atingido e equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros chegaram a ser acionadas, mas o rapaz de 23 anos morreu ainda no local do confronto. A Polícia Científica foi acionada para realizar a perícia da cena e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa, que ainda não divulgou oficialmente a identidade do suspeito.

Ainda conforme relato da PM, o rapaz morto na troca de tiros tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio – ele é suspeito de participar do triplo homicídio ocorrido no fim de novembro no bairro Quero-Quero, além de ser investigado por um assassinato na Vila Clóris no último sábado (16) e de uma tentativa de duplo homicídio registrada no domingo (17) também no bairro de Uvaranas.

A polícia também confirmou que o suspeito tinha participado do tiroteio ocorrido no bairro Cará-Cará durante a manhã, quando um rapaz levou um tiro no abdômen e foi internado em estado grave no hospital – ele também tinha um mandado de prisão em aberto pelo mesmo crime. A arma usada no tiroteio desta noite, um revólver calibre 38, foi apreendido e entregue na 13ª Subdivisão Policial (SDP).

Agora, a Polícia Civil trabalha para localizar o terceiro membro do grupo criminoso envolvido na série de crimes.

Saiba mais

Grupo se envolve em tiroteio com policiais em PG

Polícia cerca bairro de PG em busca de foragidos

PUBLICIDADE

Recomendados