PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Prefeitura de PG decide retomar cobrança do EstaR

Ponta Grossa

21 de janeiro de 2021 18:01

Afonso Verner


Relacionadas

Projeto quer impedir mercados de abrirem domingos e feriados

UEPG lamenta falecimento de Maria Rut Canteri

Dois desmoronamentos são registrados neste domingo

Câmara Municipal vota para PG adquirir vacinas
Seguro DPVAT: tire suas dúvidas
Com 24 mil casos, PG inicia semana sem leitos de UTI
Mercado da Família mantém atendimento na pandemia
Prefeitura decidiu retomar contrato com empresa responsável pelo serviço Foto: Arquivo / aRede
PUBLICIDADE

Após reunião com o Ministério Público, Prefeitura decidiu retomar contrato com a empresa Cidatec, responsável pelo serviço

A Prefeitura de Ponta Grossa (PMPG) decidiu retomar o contrato com a empresa Cidatec, responsável pelo serviço do Estacionamento Regulamentado (EstaR) Digital. Através da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT), o município informou que deve retomar as atividades do Estar nos próximos dias. A decisão ocorre após a conclusão de um processo de análise jurídica sobre a situação envolvendo o funcionamento do sistema na cidade.

Segundo a assessoria da AMTT, Município deverá notificar a empresa responsável pelo serviço, a Cidatec, para que proceda com as ações pertinentes à retomada das operações. “Até que sejam concluídos os trâmites,  a AMTT segue apenas com a fiscalização das vagas especiais destinadas a idosos e pessoas com deficiência”, esclarece o município em nota.

“Tão logo os procedimentos junto à empresa sejam finalizados, a Prefeitura irá informar a população, com antecedência, sobre o retorno do sistema do EstaR”, diz a nota. O serviço está suspenso desde o dia 21 de dezembro, dias após vereadores, o então presidente da AMTT e empresários serem presos acusados de corrupção envolvendo o EstaR Digital. O município estima que tenha perdido mais de R$ 320 mil diante da inatividade do serviço.

Saiba mais:

Em um mês sem EstaR, PG já deixou de arrecadar R$ 323 mil

PG começa 2021 sem cobrança da 'Zona Azul'

Escândalo do EstaR Digital envolveu propina de R$ 20 mil

PUBLICIDADE

Recomendados