PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Ex-presidente da Acipg morre aos 92 anos

Ponta Grossa

23 de janeiro de 2021 13:33

Fernando Rogala


Relacionadas

Ponta Grossa registra mais de 290 novos casos de Covid-19

Guarda Municipal apreende 77 gramas de crack em Uvaranas

Igreja de PG questiona limite de capacidade para celebrações

Ratinho detalha medidas para ajudar a população
Acidente no centro deixa motociclista em estado grave
Idosos fazem fila no primeiro dia de mutirão em PG
PG tem mutirão de vacinação de idosos no fim de semana
Ovídio comandou a entidade por dois mandatos Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Presidente da entidade entre 1956 e 1960, Ovídio Gasparetto foi vítima da covid. Ele estava internado na UTI há 12 dias


Ovídio Gasparetto, ex-presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (Acipg) faleceu nesta sexta-feira (22), aos 92 anos. Ele comandou a associação por duas gestões, entre 1956 e 1958; e mantido de 1958 a 1960, sendo o segundo mais jovem presidente da entidade, então com 28 anos. Ovídio também despontou na vida política, como candidato a prefeito da cidade e a deputado estadual.

Gasparetto foi mais uma vítima do novo coronavírus: ele estava internado há 12 dias na UTI, em Curitiba, mas com comorbidades, não resistiu às complicações ocasionadas pela doença e veio a falecer.

A Acipg emitiu, há pouco, uma nota de pesar sobre a morte do empresário.


Confira o texto na íntegra: 

É com profundo pesar que a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) lamenta a perda do senhor Ovídio Gasparetto, que nos deixou na última sexta-feira (22), aos 92 anos.

Gasparetto foi presidente da ACIPG, estando à frente da entidade nas gestões 1956-1958 e 1958-1960, sendo o mais jovem a alcançar o posto de mandatário da Associação, aos 28 anos de idade. De caráter ilibado, estudioso e dedicado, Ovídio Gasparetto trazia consigo o espírito inovador e ousado. Constam nos registros da ACIPG daquele período estudos feitos por ele sugerindo ao Governo do Estado a implementação de pedágio nas rodovias entre Foz e Paranaguá, algo que só veio a se concretizar 40 anos mais tarde.

Na rica trajetória de Ovídio Gasparetto ainda estão importantes marcas como liderança política e empresarial. O ex-presidente da ACIPG foi candidato a prefeito e deputado estadual por duas vezes, além de ter se tornado um dos pioneiros nos negócios de produção e exportação de produtos da Amazônia. Por anos Gasparetto se instalou no Pará, chegando a ser vice-presidente da Federação das Indústrias daquele estado. Consta ainda em seu currículo o posto de Diretor e Conselheiro técnico da Associação Brasileira de Comercio Exterior (AEB), além da publicação de trabalhos sobre a Amazônia, seu ecossistema, meio ambiente, e temas correlatos, como o livro “Brasil com Amazônia ou Amazônia sem Brasil?”.

Ovídio Gasparetto deixa, além das saudades, um legado de lições e ensinamentos impostos em seus dois mandatos como presidente da Associação e ao longo de sua trajetória empresarial. A ACIPG presta os profundos sentimentos e solidariedade aos amigos e familiares.

 

PUBLICIDADE

Recomendados