PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Partidos da base dominam presidências de comissões

Ponta Grossa

18 de fevereiro de 2021 18:41

Da Redação


Relacionadas

Emergências são concentradas nos números 191, 193 e 198

Bispo Dom Sergio reage bem ao tratamento médico

Carro bate e capota em cruzamento de vila em PG

Colisão na região central deixa uma vítima ferida em PG
Comissão aprova relatório de Aliel para incentivo à indústria
Campeonato Paranaense de Arrancada terá etapa em PG
Colisão na Vila Estrela deixa duas vítimas feridas
Quatro comissões são presididas por partidos ligados à prefeita Elizabeth Schmidt (PSD) Foto: Divulgação/CMPG
PUBLICIDADE

Siglas que apoiam o Poder Executivo comandam as principais comissões permanentes; oposição lidera dois grupos

Na primeira semana de retorno às sessões ordinárias da Câmara Municipal, as comissões permanentes foram formadas e os presidentes já estão definidos. E, ao menos em tese, os projetos elaborados pelo Poder Executivo tendem a ter apoio nas principais comissões da Casa. Dos sete grupos que analisam os projetos de lei antes de irem para votação no plenário, quatro são comandados por partidos que integraram a coligação que elegeu a prefeita Elizabeth Schmidt e um é liderado por deputada que já manifestou apoio à gestora municipal.

As duas principais comissões da casa ficaram com partidos que compuseram a coligação ‘Somos todos Ponta Grossa’. A Comissão de Legislação, Justiça e Redação (CLJR) será presidida pelo vereador Pastor Ezequiel Bueno (Avante), enquanto a de Finanças, Orçamento e Fiscalização (CFOF) será comandada por Paulo Balansin (PSD). Além delas, a comissão de Saúde e Ação Social é presidida pelo vereador Divo (PSD), enquanto o grupo das Obras, Serviços Públicos, Trânsito, Transporte, Mobilidade Urbana e Acessibilidade é liderada por Filipe Chociai (PV).

A Missionária Adriana Jamier (SD) é a presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esporte e, embora seja integrante do partido que teve Márcio Pauliki como representante na disputa pela Prefeitura e, em seguida, apoiou a então candidata Mabel Canto (PSC), já declarou apoio à prefeita Elizabeth Schmidt. Mesmo sem a formação oficial do bloco do governo, a expectativa é que os partidos que compuseram a coligação durante a campanha mantenham suas posições, agora com o apoio da vereadora do Solidariedade.

Integrantes do bloco de oposição, as vereadoras Joce Canto (PSC) e Josi do Coletivo (PSOL) ficaram com a presidência de duas comissões: respectivamente, a de Direitos Humanos, Cidadania e Segurança, e de Agricultura, Pecuária, Indústria, Comércio, Turismo e Meio Ambiente. O bloco de oposição liderado pela psolista é composto, além das duas vereadoras já citadas, os parlamentares Geraldo Stocco e Izaias Salustiano, ambos do PSB.

Siglas definem lideranças

Os quatro partidos que têm mais de um representante na Câmara definiram seus líderes. Principal partido da base do governo, o PSD terá Paulo Balansin como líder. As demais siglas serão representadas pelos seguintes parlamentares: Dr. Erick (PSDB), Dr. Zeca (PSL), Ede Pimentel (PSB), Filipe Chociai (PV), Jairton da Farmácia (DEM), Joce Canto (PSC), Josi Do Coletivo (PSOL), Julio Kuller (MDB), Leandro Bianco (Republicanos), Missionaria Adriana Jamier (SD), Pastor Ezequiel Bueno (Avante), e Walter José de Souza (PRTB).

PUBLICIDADE

Recomendados