PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Advogado de PG quer ser reconhecido como Superman

Ponta Grossa

09 de março de 2021 10:00

Da Redação


Relacionadas

Aeroporto de PG poderá receber aviões a jato

Mulheres de PG protestam contra veto de Bolsonaro

Escola Adventista oferece últimas vagas para 2022

Caminhão tanque atinge poste e trava trânsito no Santa Paula
Vereadores sugerem medidas de proteção à mulher em PG
PG reduz intervalo de aplicação da 2ª dose da Pfizer
Autor de homicídio em praça de PG é preso
Aldebaran entrou com ação na Justiça. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Com registro na OAB de Ponta Grossa, advogado entra com pedido na Justiça para ser o Superman brasileiro

O advogado Aldebaran Luiz Von Holleben, residente no bairro de Uvaranas, em Ponta Grossa (PR), tomou uma decisão no mínimo surreal. Ele ingressou com uma ação na Justiça Comum para pleitear o direito de ser reconhecido como o Superman no Brasil. Nesta mesma ação, ele cita o Clube de Regatas Flamengo e a Warner Bros, empresa responsável pela criação do personagem.

De acordo com ele, o mesmo fez algumas fotos utilizando a camisa do clube de futebol, juntamente de um tênis do personagem Superman. A foto em questão foi tirada, segundo Aldebaran, em “sincronicidade (coincidência significativa)” com a morte do ator Christoper Reeve, este que interpretava o personagem à época. “Os fãs do Superman vão querer saber porque essa sincronicidade aconteceu, e vão comprar a resposta em formas de filme ou documentário, eu sei e não conto porque é segredo comercial”, explica Aldebaran no texto.

Superman brasileiro

Na ação, o advogado também cita que, no Brasil, ele é o Superman. Entretanto, caso a Warner Bros queira utilizar outro brasileiro como personagem, Aldebaran recorrerá a eventuais direitos.

Ao final do pedido inusitado, por conta de ter tirado a suposta foto com a camisa do Flamengo, o advogado reivindica um título mundial ao time carioca. “Para o Flamengo, as fotos são uma taça de campeão mundial do cinema”, relata na ação.

Mais informações sobre o projeto clicando aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados