PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Stocco quer ampliar auxílio municipal para R$ 300

Ponta Grossa

31 de março de 2021 18:00

Da Redação


Relacionadas

'Pancadão, algazarra e gritaria' mobiliza a polícia em PG

Boletim da Covid traz 219 novos casos em PG

Jovens mortos na PR-151 são identificados

Dois jovens de PG morrem em acidente de moto
Arautos do Evangelho homenageiam enfermagem
UPA Santa Paula não tem insumos para atender covid
Carro é atingido por trem na entrada da Vila Borato
Parlamentar acredita que o valor sugerido, de R$ 150, é pouco. Foto: Divulgação/CMPG
PUBLICIDADE

Vereador apresentou sugestão de alteração no projeto de lei enviado pela Prefeitura que prevê aumento no auxílio-municipal

O vereador Geraldo Stocco Filho (PSB) apresentou uma emenda ao Projeto de Lei (PL) que cria um auxílio emergencial municipal. O projeto foi enviado pela prefeita Professora Elizabeth Schmidt (PSD) à Câmara Municipal nesta quarta-feira (31) e prevê a criação de um vale-compras de R$ 150 válido por quatro meses. A emenda apresentada por Stocco sugere a ampliação do valor para R$ 300 e a manutenção do período de quatro meses de benefício. 

A medida de oferta de vale-compras para famílias carentes chegou ao Legislativo e deverá tramitar em regime de urgência na Câmara Municipal. Desta forma, Stocco decidiu já apresentar a emenda para alterar o texto. "O movimento que a Prefeitura está realizando é importante, mas acredito que o valor de R$ 150 seja muito baixo, especialmente com os preços praticados no setor alimentício atualmente", explica Stocco. 

O vereador destacou ainda que é preciso ampliar os esforços para atender setores da sociedade que, por motivos distintos, não foram beneficiados pelo auxílio emergencial e acabaram prejudicados pelo fechamento do comércio. "Se observarmos, existem vários empreendedores que ficaram com seus comércios fechados durante vários dias e também não conseguiram receber o auxílio emergencial", conta Stocco. 

A emenda de Stocco será discutida, junto com o projeto, já nas próximas sessões da Câmara. "Conto com o auxílio dos colegas para podermos ampliar o valor do vale-compras. O valor de R$ 300 é uma quantia que podemos considerar adequada e possível para apoiar as famílias que mais tem sofrido neste período", defende Stocco. O projeto ainda não tem data para ser votado e discutido em plenário.

Informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados