PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Doações da Engie aos municípios somam R$ 585 mil

Ponta Grossa

07 de abril de 2021 15:45

Da Redação


Relacionadas

PG confirma 7 novos casos e 3 mortes por covid-19

Ponta Grossa terá repescagem de vacinação contra a covid-19

‘Vale dos Trilhos’ fortalece a inovação em Ponta Grossa

Click lança linha de crédito para alinhadores invisíveis
Mercados abrem neste feriado até às 20 horas
Motociclista fica ferido após colisão com automóvel em PG
Apoiadores de Bolsonaro planejam mobilização em PG
PUBLICIDADE

Secretarias de Saúde, entidades carentes e comunidades quilombolas estão entre as instituições beneficiadas

Desde o início da pandemia, em março de 2020, o compromisso em ajudar no combate à covid-19 está entre as prioridades do Sistema de Transmissão Gralha Azul (STGA), da ENGIE Brasil Energia. Além de adotar medidas rígidas de monitoramento e prevenção ao coronavírus nas ações internas, o STGA já acumula mais de R$ 585 mil em doações de equipamentos e cestas básicas para atender prefeituras, instituições e comunidades nos municípios do Paraná.

Na última semana de março 2021, o STGA intensificou diversas doações de combate ao coronavírus. Estão sendo doados cerca de R$ 64 mil em equipamentos de proteção individual (EPIs) indispensáveis nos atendimentos aos pacientes (aventais, máscaras e luvas) para as Secretarias Municipais de Saúde dos municípios de Ponta Grossa, Cândido de Abreu e Cruz Machado.

Ainda em abril, o Sistema de Transmissão Gralha Azul, também está adquirindo a compra de um kit hospitalar de respirador e monitor, no valor de mais de R$ 64 mil, para atender pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal Dr. Amadeu Puppi, em Ponta Grossa.  Essa solicitação foi feita através do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Ponta Grossa (CDEPG), juntamente com entidades parceiras e a Fundação Municipal de Saúde da Prefeitura Municipal. Também estão em processo de compra, quatro kits que serão doados ao Governo do Estado do Paraná, num total de mais de R$ 257 mil.

Além dos EPIs e equipamentos de saúde, o STGA também realizou a doação de 498 cestas básicas, totalizando cerca de 15 toneladas em alimentos, para atender famílias das Comunidades Quilombolas Sutil e Santa Cruz, em Ponta Grossa, Comunidades Quilombolas Rio do Meio e São Roque em Ivaí e a Comunidade Quilombola Paiol Grande, em Guarapuava.

De acordo com o Diretor de Implantação do Sistema de Transmissão Gralha Azul, Paulo Henrique Müller, essas iniciativas são indispensáveis nesse momento atual que estamos vivenciando. “O STGA está presente em 27 municípios do Paraná. É uma satisfação e nosso dever podermos contribuir com essas entidades que estão localizadas nos municípios que interceptamos e que estão realizando um papel fundamental de combate à covid-19. Isso também nos mostra que é de suma importância a união entre nós, empresas privadas, para podermos apoiar a administração pública e a sociedade”, afirma.

Em todo Brasil, as doações da ENGIE chegaram a R$ 12,2 milhões no enfrentamento à pandemia.

 

Ações internas

Desde o início da pandemia, mais de 9 mil testes de detecção da covid-19 foram realizados dentro dos empreendimentos do STGA. Com o recente aumento de casos no estado, as obras, que passam por 27 municípios do Paraná, intensificaram diversas medidas preventivas seguindo as recomendações determinadas pelo Ministério da Saúde. Além disso, mantiveram as ações de monitoramento e conscientização com os colaboradores e reforçaram a realização dos testes, deram continuidade do trabalho remoto para os profissionais cujas presenças nas frentes de trabalho não são essenciais, exigiram o uso obrigatório de máscaras e o isolamento dos profissionais que estejam nos grupos de risco, deram prioridade para a contratação de profissionais locais, realizaram controle de viagens e regime de quarentena, adotaram medidas visando evitar a aglomeração de colaboradores, aumentaram os cuidados e medidas de limpeza/desinfecção dos locais de atividades e áreas de convivência, disponibilizaram álcool em gel em todas as frentes de trabalho, instruíram os colaboradores a realizarem a higiene das mãos frequentemente, entre diversas ações orientadas pelas autoridades em saúde. 

O Sistema Gralha Azul também estabeleceu um canal direto de comunicação com a Vigilância Epidemiológica dos municípios, informando diariamente o resultado de todos os testes de contágio realizados em seus colaboradores. Desta forma, os dados informados também são contabilizados no Boletim Oficial da prefeitura de cada região.

PUBLICIDADE

Recomendados