PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Sindicato ajuíza dissídio coletivo no TRT contra VCG

Ponta Grossa

08 de abril de 2021 12:02

Da Redação


Relacionadas

PG confirma 7 novos casos e 3 mortes por covid-19

Ponta Grossa terá repescagem de vacinação contra a covid-19

‘Vale dos Trilhos’ fortalece a inovação em Ponta Grossa

Click lança linha de crédito para alinhadores invisíveis
Mercados abrem neste feriado até às 20 horas
Motociclista fica ferido após colisão com automóvel em PG
Apoiadores de Bolsonaro planejam mobilização em PG
Por conta dos atrasos, a cidade permanece sem transporte. Foto: Igor Rosa
PUBLICIDADE

O sindicato requer o pagamento dos salários atrasados dos funcionários do transporte público. 

O Sintropas ajuizou ontem (07) dissídio coletivo no Tribunal Regional do Trabalho, requerendo o pagamento dos salários atrasados dos trabalhadores da Viação dos Campos Gerais (VCG). A decisão ocorreu após audiência de conciliação, que aconteceu na terça-feira (06), entre sindicato, VCG e Prefeitura terminar sem acordo.

A expectativa da entidade é de que a ação seja deliberada com urgência, já que o último pagamento efetuado à categoria corresponde a 50% do salário de fevereiro.

Ontem (7), o presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT) Celso Cieslak disse, na Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG), que o município encaminhou notificação à Viação Campos Gerais (VCG), concessionária do transporte público coletivo, obrigando-a a retomar os serviços imediatamente. Em live no Portal aRede ele reforçou a informação.

O transporte público ficou paralisado por duas semanas por conta de decretos de controle da pandemia e deveria ter voltado na última segunda-feira (5). Porém, nessa data, o Sintropas, sindicato da categoria, deflagrou greve geral, por tempo indeterminado, alegando o não pagamento de salários por parte da empresa.

PUBLICIDADE

Recomendados