PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PG mantém restrições, apesar de decreto estadual

Ponta Grossa

14 de abril de 2021 11:34

Da Redação


Relacionadas

Pesquisa da UEPG aponta queda no preço da banana

Colisão entre carros assusta moradores de Olarias

Loja de PG é referência em artigos de pesca e pet shop

Médica do Samu aciona PM após UPA negar atendimento em PG
Tem comorbidades? Veja quando você será vacinado
Gaeco oferece denúncia contra ex-diretor da Prolar
Viação emite nota sobre greve e crise no transporte de PG
O consumo de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes segue proibido em Ponta Grossa. Foto: reprodução/ilustrativa
PUBLICIDADE

Embora o decreto publicado pelo Governo do Estado ontem (13) permita o consumo de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes até às 23h, Ponta Grossa mantém restrições ao segmento. 

O governador Ratinho Junior publicou nesta terça-feira (13), em Diário Oficial, um novo decreto que flexibiliza o comércio e consumo de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes até às 23h em todo o Paraná. Entretanto, mesmo com a autorização estadual, a Prefeitura de Ponta Grossa mantém as restrições, limitando o comércio a vender os itens para maiores de 18 anos até às 20h e proibindo o consumo nos estabelecimentos da cidade. 

De acordo com o documento do Estado, "a proibição de venda e consumo de bebidas alcóolicas em espaços de uso público continua mantida a partir das 20 horas, exceto em restaurantes, bares e lanchonetes, que seguirão o novo horário de 23 horas. Atividades não essenciais não poderão funcionar aos domingos". 

Em nota ao Portal aRede, a Prefeitura informa que uma reunião com o comitê de emergência da covid-19 deve analisar as alterações publicadas pelo Governo do Paraná. "Conforme a orientação da Procuradoria Geral do Município, a Prefeitura possui autonomia para determinações diferentes do Governo do Estado, conforme já ocorreu em outras situações. Neste momento, segue vigente o decreto Municipal que proíbe o consumo de bebida alcoólica nos ambientes em qualquer horário e a venda após as 20h. O comitê de emergência da Covid-19 irá se reunir e avaliar se as novas determinações do Estado resultarão em alterações no âmbito local. Por hora, permanece como está", afirma a assessoria. 

Outra alteração feita no decreto do Estado, é o 'toque de recolher'. A restrição de circulação de pessoas, que começava às 20 horas, terá início às 23 horas, terminando às 5 horas do dia seguinte. O texto já está em vigor e segue até o dia 30 de abril. 

PUBLICIDADE

Recomendados