PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Izaías critica Sanepar e exige melhora no serviço da empresa

Ponta Grossa

15 de abril de 2021 17:42

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Copel conclui obra de subestação de R$ 24 mi em PG

Com arma de airsoft, homem é detido por ameaça em PG

Educação atende 4 mil alunos individualmente em PG

Professoras lançam livro sobre mulheres na pandemia
Frente fria chega e deve chover nesta semana em PG
Músico de PG canta em live de Luan e Fernando & Sorocaba
Carro colide com moto na Avenida Siqueira Campos
Izaías fez as críticas na última sessão da Câmara, na quarta (14). Foto: Divulgação/CMPG
PUBLICIDADE

Parlamentar lembrou de situações recentes que aconteceram na cidade; segundo ele, Sanepar só visa o lucro e não se preocupa com as pessoas

O vereador Izaías Salustiano (PSB) criticou os serviços prestados da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) em Ponta Grossa. O alerta aconteceu na última ‘Sessão Ordinária’ da Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG), na tarde de ontem (14). De acordo com o parlamentar, a empresa “tem se mostrado cada vez pior” e exigiu que a mesma cumpra o contrato feito com o município, fornecendo de “forma adequada a água potável e o saneamento básico”.

Durante a sua fala, Izaías lembrou de situações recentes que aconteceram na cidade, as quais acabaram afetando a distribuição de água em regiões do município ponta-grossense. Ele citou a ocasião em que vândalos furtaram peças para entrega de água, na região do Jardim Amália. Além disso, comentou sobre episódios no Hospital Municipal Doutor Amadeu Puppi Pronto Socorro e nas regiões do Santa Mônica e Baraúna.

Segundo o vereador, “as pessoas que estão sofrendo sem emprego, dinheiro, continuam tendo a água desligada por falta de pagamento. (A Sanepar) Visa só o lucro e não se preocupa com as pessoas, interrompendo os serviços”, ressaltou Izaías. Ele também disse ao Portal aRede que procurará a Secretaria Municipal de Meio Ambiente para informar sobre os acontecimentos e se providências serão tomadas. Além disso, afirma que fará um requerimento para a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG), sobre a questão contratual da Sanepar.

Ao final de sua fala, o parlamentar exigiu que a empresa cumpra com o contrato e possibilite o fornecimento de água e saneamento básico para as pessoas ponta-grossenses.

Sanepar se posiciona

O Portal aRede entrou em contato com a ‘Companhia’, questionando como tem sido a atuação da empresa na cidade. De acordo com a Sanepar, sobre a fala de Izaías de a concessionária estar cortando água das pessoas, ela reforça estar cumprindo a Lei Estadual nº 20.187/2020, que “suspende o corte por falta de pagamento desde o início da pandemia do coronavírus”. Além disso, a empresa ressalta a criação do ‘Programa de Recuperação de Crédito (Reclip)’, o qual os clientes podem “parcelar em até 60 meses débitos acumulados até dezembro do ano passado”.

Sobre o fornecimento de água criticado pelo vereador, a Sanepar afirma que atende “100% da área urbana da cidade, com o serviço de abastecimento de água tratada e 91% tem acesso ao sistema de esgoto sanitário”, diz a assessoria de imprensa da ‘Companhia’. A empresa também destaca um ranking da Revista Exame, que coloca Ponta Grossa na 39ª colocação, entre as 100 maiores e melhores cidade do Brasil, e que “leva em conta o saneamento com um dos indicadores”.

Por fim, a Sanepar responde ao Portal aRede que “Ponta Grossa vem registrando um crescimento acentuado” e que a ‘Companhia’ tem realizado um “grande projeto de ampliação e modernização de todo o sistema de abastecimento de água da cidade”. Ao final, a assessoria de imprensa da empresa reforça a importância de as pessoas terem caixa d’água em casa.

PUBLICIDADE

Recomendados