PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Novo decreto autoriza a realização de eventos em PG

Ponta Grossa

16 de abril de 2021 18:15

Da Redação


Relacionadas

Doulas de PG retomam atendimentos nas maternidades

Geraldo Stocco vai propor CPI para investigar a VCG

Leandro solicita estender horário do delivery em PG

Santa Mônica passa a ter Câmara de Desenvolvimento Econômico
Liga Acadêmica promove evento sobre Autocuidado
Santa Mônica terá Câmara de Desenvolvimento Econômico
Núcleos de estudos capacitam professores sobre violência
Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Espaços fechados devem respeitar a ocupação máxima de 30% do local

Os eventos podem acontecer em Ponta Grossa, conforme estabelece o decreto Nº18.850, divulgado na quinta-feira (15), pela Prefeitura, ao trazer a permissão do funcionamento de estabelecimentos destinados a eventos sociais e atividades correlatas em espaços fechados respeitando a ocupação máxima de 30% do local.

Para Thaís Pius, presidente do Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau, a volta dos eventos é importante, pois há mais de 1 ano o setor vem sofrendo com a paralisação de suas atividades, inviabilizando o funcionamento de diversas empresas. “Para nós, essa mudança é um alívio, pois estamos acompanhando a situação do setor e ela é desoladora”, enfatiza.

Segundo dados do Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau, o prejuízo acumulado das empresas de eventos gira em torno de R$100 mil. Já as atividades do primeiro semestre de 2021, inicialmente para 2020, já foram adiadas para o segundo semestre deste ano ou canceladas, o que pode gerar ainda mais prejuízos.

Para a empresária, Wagnilda Minasi, sócia do Espaço Bird, a volta dos eventos é uma pequena iniciativa de retorno para as empresas do setor parado há mais de 1 ano. “Sei que em um momento em que a sociedade ainda está perdendo amigos e parentes, fica difícil lutar por uma abertura maior, dentro desse cenário em que nós ainda não entendemos que a solução está muito mais nos protocolos do que no fechamento do comércio e serviços”, comenta.

Wagnilda, ainda comenta que o desconhecimento das pessoas sobre os benefícios dos protocolos de segurança prejudica todo o setor. “Se isso acontecesse, poderíamos voltar escolas, eventos, igrejas porque não haveria aglomeração de pessoas sem máscaras, que estariam atentas na limpeza de suas mãos ao tocar nos olhos, nariz e boca”.

Para ela, é preciso um equilíbrio entre protocolos de segurança e fiscalização: “Senão, nós enquanto associativismo brigamos por abertura do comercio e serviços, porque as empresas já estão falindo, mas quando a empresa abre, o povo volta a aglomerar e os números voltam a subir. Precisamos de mudança de hábito para que a vida e as empresas possam retornar gradativamente”, finaliza.

Os associados do Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau seguem todos os protocolos de prevenção à Covid-19, inclusive com certificação do Ministério do Turismo, Sebrae e órgãos internacionais, o que proporciona segurança aos visitantes da região.

O Convention Bureau disponibiliza em seu site os principais acontecimentos da região e os organizadores e empresas de eventos podem cadastrar gratuitamente suas atividades para aparecerem no www.pontagrossacvb.com.br.

 

Como ficam os eventos

Segundo o decreto, é permitido o funcionamento de estabelecimentos destinados a eventos sociais e atividades correlatas em espaços fechados, tais como casas de festas, de eventos ou recepções, bem como parques infantis e temáticos, respeitada a ocupação máxima de 30% do espaço.

É proibida a aglomeração de pessoas, exceto reuniões, eventos, comemorações, assembleias, confraternizações, encontros familiares ou corporativos com ocupação máxima de 30% do espaço.

PUBLICIDADE

Recomendados