PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Passos propõe quitar dívidas para classe de trabalhadores

Ponta Grossa

16 de abril de 2021 20:54

Da Redação


Relacionadas

Festa das Nações será retomada este ano

SMAPA faz balanço da 1ª parcela do Vale-Mercado

SESC promove bate-papo virtual sobre a série Desalma

Balansin destaca atuação de Bakri em Ponta Grossa
Justiça autoriza depósito judicial para trabalhadoras do HUMAI
Mutirão da Cáritas arrecada 771 kg de alimentos em PG
Bakri e Beto Preto entregam UBS em Ponta Grossa
Autor da moção é o parlamentar Felipe Passos. Foto: Divulgação/CMPG
PUBLICIDADE

Sugestão Legislativa pode perdoar dívida de 2020, beneficiando táxis e vans escolares. Projeto semelhante tramita para aprovação na Câmara de Curitiba

O vereador Felipe Ramon dos Passos (PSDB) protocolou, nesta quinta-feira (15), uma Moção de Sugestão Legislativa para a Prefeita Elizabeth Schimidt. O documento objetiva “anistiar, perdoar dívidas, com relação as taxas de competência do Município aos permissionários do transporte público individual por táxi, de autorizatários de veículos do transporte escolar, desde 2020 e durante o período que vigorarem os decretos de calamidade e as leis que dispõem sobre medidas emergenciais de prevenção e enfrentamento do novo Coronavírus (Covid-19), bem como para avaliar a anulação de tributos das micro e pequenas empresas, no mesmo período”.

Na justificativa da Moção, que será submetida a aprovação em Sessão, podendo ser encaminhada ao Poder Executivo, o parlamentar aponta: “O projeto pretende compensar perdas econômicas geradas pela pandemia da Covid-19. Nesta linha, assim como o Governo Federal vem fazendo, o município de Ponta Grossa, poderia também fazer, perdoando os tributos municipais dos micro e pequenos empresários princesinos, assim como de taxis e vans escolares, categorias que enfrentam muitas dificuldades na pandemia”.

No caso do transporte escolar, a prestação de serviços foi duramente impactada, já que escolas públicas suspenderam o calendário escolar presencial por muito tempo, e ainda não há prazo para que elas retornem totalmente na modalidade presencial.

Felipe finaliza: "Parabenizo todas as medidas lançadas e adotadas recentemente pela Prefeita Elizabeth para retomar a economia do município e, esse documento é um projeto que a Prefeitura de Curitiba enviou nessa semana para os vereadores de lá aprovarem".

Informações: Assessoria de Imprensa CMPG.

PUBLICIDADE

Recomendados