PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Bosque das Araras inova ao oferecer show ao vivo remoto

Ponta Grossa

18 de abril de 2021 15:26

Fernando Rogala


Relacionadas

Moradores pedem sinalização de rua asfaltada

Pavimentação ligará o Parque dos Sabiás com Jd. Ponta-grossense

Cinema Drive In exibe Minha Mãe é uma Peça no domingo

Acipg emite posicionamento a respeito do pedágio
PG garante R$ 30 mi da Caixa para retomada de obras
Homem é atropelado por carro em rua do bairro Nova Rússia
Ciclista fica ferido ao bater em moto no Santa Paula
Show é transmitido em uma TV, no deck onde os artistas se apresentavam presencialmente Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Iniciativa mantém a tradição de levar música ao vivo aos clientes, e também auxilia os artistas locais neste momento de pandemia

O Restaurante Bosque das Araras, localizado na região da Colônia Dona Luiza, em Ponta Grossa, lançou neste domingo (18) uma iniciativa diferenciada, tanto para cativar os clientes, quanto para valorizar os músicos locais. Diante da impossibilidade dos bares e restaurantes terem shows ao vivo, conforme o decreto municipal, como medida de contenção do coronavírus, a empresa inovou e está abrindo o restaurante ao clientes oferecendo, da mesma forma que antes, a música ao vivo, porém de forma remota: o músico foi contratado normalmente, mas ele toca em sua casa ou onde estiver, e no deck, onde os músicos faziam os shows, foi colocada uma TV, para transmitir essa apresentação personalizada.

A ideia surgiu do próprio Bruno Montes, proprietário do Bosque das Araras. Ele afirmou se inspirar na TV, ao ver um programa em que um dos músicos de uma banda, por ser parte do grupo de risco, faz sua performance em casa, e é transmitida em uma tela. É esse modelo que foi adaptado localmente. “Então é uma transmissão ao vivo, como se o músico estivesse aqui”, destaca Bruno. E o melhor é que há a interatividade da mesma forma - quem quiser pedir uma música, pede ao garçom, que transmite a mensagem ao músico, que faz a interatividade com o público que está no local.

“Nós sempre trabalhamos com músicas ao vivo, nos sábados e domingos, que são os dias que abrimos, e esse foi um modo que encontramos de manter isso ao público e fazer com que os músicos continuem trabalhando, para que eles não fiquem parados”, ressalta Montes. Os testes foram iniciados neste sábado (17), e tudo funcionou como esperado. Cabe ao músico escolher o seu cenário para se apresentar, desde que tenha uma internet boa para a transmissão. A partir de agora, em todo fim de semana, haverá shows desta forma no restaurante, garante o empresário. “E o músico estará recebendo o cachê igual, como se ele estivesse aqui”, afirma.

Neste domingo, o show foi por conta de Raynner, ponta-grossense, e a adesão do público está sendo bastante positiva. “Todos gostaram bastante, e repercussão está muito boa. Tanto de quem está almoçando aqui, quanto nas redes sociais, onde fizemos postagens: muitos elogiaram a ideia. Um amigo que tem um bar, que está aqui, também me disse que iria copiar a ideia, porque achou muito boa”, acrescentou o empresário, reafirmando que essa é a intenção, a incentivar a cena local, com os artistas locais, para que mais restaurantes realizem iniciativas assim, e que os músicos não deixem de fazer suas apresentações neste momento delicado da economia.  

PUBLICIDADE

Recomendados