PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Falecimento de Terezinha Maluf comove PG

Ponta Grossa

21 de abril de 2021 07:53

Da Redação


Relacionadas

Pavimentação ligará o Parque dos Sabiás com Jd. Ponta-grossense

Cinema Drive In exibe Minha Mãe é uma Peça no domingo

Acipg emite posicionamento a respeito do pedágio

PG garante R$ 30 mi da Caixa para retomada de obras
Homem é atropelado por carro em rua do bairro Nova Rússia
Ciclista fica ferido ao bater em moto no Santa Paula
Hamburgueria de PG inova e promove 'Noite do Karaokê'
Terezinha Maluf faleceu em decorrência das complicações ocasionadas pela covid-19 Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Ex-servidora da UEPG faleceu nesta terça-feira, em decorrência das complicações ocasionadas pelo coronavírus. O enterro ocorre nesta quarta-feria

Faleceu nesta terça-feira (20), em Ponta Grossa, aos 60 anos, Maria Terezinha de Freitas Maluf, servidora que se dedicou à Pró-reitoria de Graduação da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Sua morte ocorreu, segundo seu filho, Alceon Maluf Junior, pelas complicações causadas pelo coronavírus. Ela estava internada na Santa Casa de Misericórdia. Como o falecimento ocorreu semanas após a contaminação, seu corpo já estava livre do vírus, e por isso é possível ocorrer o velório, que está sendo realizado na Capela Santana. O enterro está marcado para as 10 horas, no Cemitério São José. 

Seu filho agradeceu às mensagens que está recebendo e deixou uma mensagem em uma rede social, mencionando sobre o velório e pedindo para que todos se cuidem neste momento de pandemia. "Entendo quem quiser ir se despedir e prestar duas homenagens, mas entendemos também que a situação é complexa e demanda uma série de cuidados adicionais, os quais acabam inviabilizando para muitas pessoas. Entendemos completamente esta situação, e agradecemos todo o carinho em nós depositado durante todo esse tempo. Fiquem bem, e por favor, se cuidem", disse Alceon

Wilton Paes, que trabalhou com ela, teceu inúmeros elogios à servidora. "O coração fica dilacerado ao saber que você acaba de partir. Foram 4 longos anos trabalhando juntos na Prograd, uma das chefes mais doces que conheci. Até massagem nas costas para relaxar eu ganhava. Não acredito. o coração chora mais uma vez por essa eterna amiga da UEPG. Deus te receba com os braços abertos. Te amo e respeito de todo meu coração!", postou.

Ambas as postagens nas redes sociais registraram inúmeros comentários, demonstrando o carinho que tinham como a vítima. A UEPG emitiu uma nota de pesar, lamentando o falecimento de Terezinha. 

Confira a nota da UEPG, na íntegra:

A Universidade Estadual de Ponta Grossa é feita por pessoas. A UEPG, construída por quem está na ativa e por aqueles que se aposentaram, está triste nesta véspera de feriado, por se despedir de Maria Terezinha de Freitas Maluf, servidora que se dedicou à Pró-reitoria de Graduação e faleceu hoje [ontem], aos 60 anos.

“Prograd encontra-se em luto. Terezinha Maluf trabalhou na Prograd entre os anos de 1993 e 2017, quando se aposentou”, disse o Pró-Reitor, Carlos Willians Jaques de Morais. Ele recordou que Terezinha fez brilhante carreira na UEPG. “Sempre muito organizada e comprometida com os registros de diplomas da graduação. Uma pessoa que fez amizades inesquecíveis. Uma grande perda para familiares e colegas de trabalho”.

A professora Graciete Tozetto Goes disse que o mundo perdeu uma pessoa muito especial. “Sempre foi muito amiga, além de ter sido minha aluna no curso de Pedagogia. Nos 8 anos em que estive na Prograd, foi sempre dedicada, atenciosa e carinhosa comigo. Uma mãe dedicada e orgulhosa do filho. Sempre com um abraço caloroso.Trabalhou na UEPG por décadas e fez muitas amizades”. Graciete expressou: “Minha aluna, minha colega na Prograd, minha amiga tão carinhosa. Nunca mais ter teu abraço, teu sorriso, teu carinho, dói demais”.

“A Terezinha era destas pessoas que não havia como não gostar. Entendia tudo sobre o trabalho na Prograd, era compreensiva e firme, na medida certa. Foi com muita conversa com ela que implantamos o Sistema Acadêmico atual da UEPG. Uma excelente profissional e uma querida amiga”, recordou o amigo Marcos Vinicius Fidelis.

A amiga professora Eliane Rauski estava em aula quando recebeu a notícia. “De repente não mais que de repente, fez-se do amigo próximo, distante. Assim me despeço de uma amiga de alma, com quem brinquei, com quem me emocionei, com quem confidenciei e com quem trabalhei. Te levarei sempre em meu coração, amiga querida”.

PUBLICIDADE

Recomendados