PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Justiça manda bloquear R$ 2,2 mi em bens da VCG

Ponta Grossa

28 de abril de 2021 18:12

Da Redação


Relacionadas

Audiência do TRT discute futuro do transporte em PG

Ratinho Jr. destina R$ 450 milhões para casa própria

Tribunal da Justiça revoga prisão do vereador Valtão

Agência Ade fecha parceria com marca referência no Brasil
Policial desce do carro, para o trânsito e ajuda idosa em PG
Vídeos flagram carros 'voando' em lombada de PG
Audiência pode pôr fim à greve no transporte de PG
Trabalhadores paralisaram o transporte coletivo nesta quarta Foto: aRede
PUBLICIDADE

Trabalhadores da empresa realizam manifestação nos terminais e transporte público está paralisado no município

A Justiça do Trabalho de Ponta Grossa ordenou o bloqueio dos bens da Viação Campos Gerais (VCG) para sequestrar o montante de R$ 2,2 milhões com intuito de efetuar o pagamento dos salários atrasados dos colaboradores da empresa do transporte coletivo.

A determinação é em função do fim do prazo estipulado pelo judiciário para realização dos pagamentos e é resultado da ação ajuizada pelo Sintropas na 3ª Vara do Trabalho, que corre concomitante com o dissídio coletivo instaurado no dia 7 de abril.

Mobilização

Na tarde desta quarta-feira (28), diante da falta de pagamento dos salários, colaboradores da VCG decidiram por fazer uma mobilização e fechar os terminais de ônibus, paralisando o transporte coletivo na cidade. A mobilização teve início por volta das 17 horas, e segundo os colaboradores, deve se estender até às 20 horas. O Sintropas informou que a mobilização não partiu do sindicato, mas sim, de iniciativa dos próprios trabalhadores.

O Portal aRede fez uma live para mostrar a manifestação junto ao Terminal Central. Confira clicando aqui.

VCG emite nota

A VCG informa que as suas contas correntes estão inteiramente a disposição da justiça, nos termos da ordem de bloqueio da Justiça do Trabalho. De outro lado, o valor mencionado na matéria diz respeito ao teto estipulado pela justiça para bloqueio, o que não significa necessariamente que exista em conta o referido montante.

Com informações da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados