PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Votação do PL para repasse à VCG não tem data definida

Ponta Grossa

14 de maio de 2021 18:45

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Obras paradas no ‘Corredor Santana’ irritam moradores

Formados em Línguas podem ser multitarefas

Geografia da UEPG vai além dos mapas

Márcio Pauliki lamenta morte de colaboradores do MM
Palladium Ponta Grossa estará aberto no feriado de Sant’Ana
Colisão na Siqueira Campos deixa motociclista ferido
PG abre agendamento para vacinar pessoas de 34 a 59 anos
Vereadores precisam seguir os trâmites legais da Casa de Leis. Foto: Luiz Lacerda/CMPG
PUBLICIDADE

Projeto não consta na ‘Ordem do Dia’, do Legislativo, e será lido somente na próxima segunda-feira

A situação do transporte público coletivo de Ponta Grossa pode não ter uma definição nos próximos dias. O Projeto de Lei (PL) 086/2021, de autoria da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG), que indeniza a Viação Campos Gerais (VCG) em R$ 1.718.363,37, não tem uma data definida para ser votado na Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG).

O PL será lido na próxima segunda-feira (17) e será enviado às Comissões para análise. Somente após um parecer, é que o projeto deve entrar na ‘Ordem do Dia’, da Casa de Leis, para que seja votado pelos vereadores. A proposta do Executivo só poderá ser votada se uma ‘Sessão Extraordinária’ seja solicitada pelo presidente da CMPG, Daniel Milla (PSD), o que não deve acontecer, segundo a assessoria de imprensa do Legislativo.

A suposição de que o PL não seja votado na próxima segunda-feira (14) ganha força por conta da ‘Ordem do Dia’, encaminhada pela Casa de Leis, onde o PL 086/2021 não consta para votação.

O acordo que permitirá esse repasse da Prefeitura à VCG foi protocolado no início da tarde desta sexta-feira (14), na CMPG. O Projeto de Lei (PL) 086/2021 pede autorização do Legislativo para o envio dos mais de R$ 1,7 milhão (o valor pagará os salários atrasados de abril, dos funcionários da VCG). A proposta foi apresentada em regime de urgência.

Segundo a proposta, em seu Art. 1º, “fica o Poder Executivo autorizado a celebrar acordo com VIAÇÃO CAMPOS GERAIS LTDA nos autos n. 0008545-49.2021.8.16.0019, em trâmite na 2ª Vara da Fazenda Pública, da Comarca de Ponta Grossa”. O pagamento é referente aos dias em que o serviço público ficou parado, de 18 de março a 4 de abril, em razão de Decreto Municipal da PMPG.

A quantia de mais de R$ 1,7 milhão foi calculada com base na média de consumo de combustível em relação ao mês de fevereiro de 2021, sem incluir despesas como salários, pro-labore dos sócios, depreciação dos veículos, desprezando, também, o lucro que é de 5% sobre o valor do custo do serviço. Assim, sendo pago somente o prejuízo da empresa.

PUBLICIDADE

Recomendados