PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

CPI da VCG oficializa presidente e relator da Comissão

Ponta Grossa

26 de maio de 2021 15:10

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Rotary Lagoa Dourada Open de Tênis reúne 200 participantes

Pavimentações avançam em bairros de PG

IMM tem consolidação nacional em Justiça Restaurativa

Reajuste da tarifa deve ser apresentado depois do feriado
Saldo do emprego em PG é positivo pelo 5º mês seguido
Polícia Civil e GM prendem tutor por maus-tratos em PG
Justiça de PG condena homem a 2 anos de prisão
Vereadores Leandro Bianco (Republicanos) e Léo Farmacêutico (PV). Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Todos os vereadores que compõem a Comissão votaram favoravelmente pela indenização que a Prefeitura fez para a VCG

A Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG) oficializou, na tarde desta quarta-feira (26), o presidente e relator da ‘CPI da VCG’, a qual investigará a Viação Campos Gerais (VCG), concessionária responsável pelo transporte público coletivo da cidade ponta-grossense. O presidente será o vereador Leandro Bianco (Republicanos) e o relator será o parlamentar Leonilton Antonio Carneiro (PV). Além desses, Adriana Jamier da Silva (SD), Divonsir Pereira Antunes (PSD) e Geraldo Stocco Filho (PSB) compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito.

Todos os vereadores acima citados, votaram a favor da indenização que a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) fez para a VCG, no total de R$ 1.718.363,37 (mais informações clicando aqui). Durante a leitura do documento que oficializou a presidência e relatoria da CPI, o parlamentar Geraldo, que foi o responsável pelo pedido da Comissão, afirmou que os representantes da CPI não o consultaram sobre a escolha desses membros. Segundo ele, “protocolaram outra ata, sem a minha assinatura. Ninguém me convocou. Temos que ter respeito”, disse durante a ‘Sessão Ordinária’.

Por outro lado, o vereador Leandro, que foi eleito para a presidência da CPI, disse que “os quatro parlamentares (Stocco não) me escolheram como presidente e o Léo como relator. O choro é livre”, ressaltou. Ele também explicou que “o trabalho da CPI será muito bem feito”. Ainda durante a ‘Sessão’, Daniel Milla (PSD), presidente da CMPG, disse que o documento apresentado, com as assinaturas, está dentro da legalidade (precisa somente de três).

 

Assuntos semelhantes:

Câmara Municipal oficializa pedido para cria ‘CPI da VCG’.

VCG quita salários e frota volta 100% em Ponta Grossa.

Câmara define integrantes da ‘CPI da VCG’.

PUBLICIDADE

Recomendados