PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Câmara rejeita abertura de CPP contra Felipe Passos

Ponta Grossa

02 de junho de 2021 15:19

Da Redação


Relacionadas

Previsão de chuva adia provas de Velocidade na Terra do PR

ADM 2021 discute temas da administração moderna

Idoso é encontrado sem vida na região de Uvaranas em PG

Homem morre após levar vários tiros na Boa Vista em PG
Motociclistas se acidentam na região central de PG
CMT deve propor subsídios para evitar tarifa de R$ 8,35
Abre processo seletivo para a UPA Santa Paula
Votação ocorreu há pouco Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Pedido de cassação não obteve a quantidade mínima de votos e Comissão Parlamentar Processante (CPP) não foi aberta


Com nove votos contrários e oito votos favoráveis, a Comissão Parlamentar Processante (CPP) contra o vereador Felipe Passos foi rejeitada. A votação foi realizada há pouco, na sessão desta quarta-feira (2). Sem ter a quantidade de votos necessários da Casa de Leis para prosseguir com o pedido de cassação do mandato do parlamentar do PSDB, a Comissão Parlamentar Processante (CPP) não foi aberta. O pedido de cassação foi por ‘quebra de decoro parlamentar’, apresentado por Geraldo Stocco Filho (PSB) e Josiane Schade Kieras (PSOL).

A solicitação acontece por conta da recente decisão da Justiça, noticiada pelo Portal aRede em 27 de maio, onde a juíza Luciana Virmond Cesar, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Ponta Grossa, determinou o bloqueio de R$ 50 mil do vereador Felipe em ação proposta pelo Ministério Público. Na denúncia, cita suposta ‘rachadinha’ do parlamentar, bem como assédio moral e sexual contra ex-assessores.

Na sessão desta quarta-feira, o próprio vereador Felipe Passos afirmou que se a justiça o condenar, ele mesmo pede renúncia. 

PUBLICIDADE

Recomendados