PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

UEPG lança campanha de valorização da pessoa idosa

Ponta Grossa

10 de junho de 2021 16:36

Da Redação


Relacionadas

Presidente da Faciap debate parcerias em visita a Acipg

CPI da Cidatec confirma oitivas para a próxima terça-feira

Registro Civil diz que PG tem 1.256 mortes pela covid

Todas as vacinas são seguras? Confira perguntas e respostas
PG registra mais 8 mortes pelo coronavírus
MP recebe representação sobre 'crise sanitária' em escolas
Nova interseção do ‘Sabará’ fica pronta até setembro
Ações serão de 15 a 30 de junho. Foto: Jéssica Natal/UEPG
PUBLICIDADE

Campanha é organizada pelo curso de Serviço Social e pelo Hospital Universitário

Com o objetivo de promover o cuidado e a valorização da pessoa idosa, o Núcleo de Assistência Social, Jurídica e de Estudos sobre a Pessoa Idosa (Nasjepi), da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), lançou a campanha “Sensibiliza Campos Gerais”. O movimento conta com adesão de órgãos públicos da região e terá ações de 15 a 30 de junho. Dentre as instituições, o Hospital Universitário (HU-UEPG), por meio da Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso, também desenvolverá ações relacionadas à campanha.

A iniciativa vem ao encontro do Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, que neste ano será na próxima quarta-feira (15), e se insere no calendário oficial de eventos do Paraná, o qual é denominado Junho Violeta, como alusão ao tema. A organização também conta com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa e Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho. “A UEPG está realizando a campanha porque, apesar dos direitos das pessoas idosas estarem garantidos por lei, ainda grande parte das pessoas desconhecem os direitos assegurados para esta faixa etária. A violência acontece e é uma realidade vivenciada pela maioria dos idosos”, explica a professora do Departamento de Serviço Social e Coordenadora do Nasjepi, Maria Iolanda de Oliveira.

A agenda de atividades terá uma live abertura no dia 15, com fala de Renata Tubyriça, defensora pública de São Paulo, transmissões ao vivo na Rádio Sant’Anna, além de  um pronunciamento na Câmara Municipal de Ponta Grossa no dia 16. Como parte das ações, os órgãos participantes terão iluminação na cor violeta na parte externa dos prédios e exposição de faixas, banners ou adesivos, nos espaços internos, com o slogan/símbolo da Campanha.

Maria ressalta que a iniciativa é importante para que as pessoas compreendam que a violência é uma forma de violação dos direitos humanos. “Precisamos sensibilizar as pessoas para que o enfrentamento da violência contra o idoso se dê por meio da valorização deles, além abordar a necessidade da mudança de atitudes e o repúdio aos atos que prejudicam a integridade física e moral da pessoa idosa”, finaliza.

A transmissão com Renata Tubyriça será a partir das 14h, na próxima quarta-feira, no canal do YouTube do Nasjepi.

Residência em Saúde do Idoso

No HU-UEPG, a Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso planejou ações para a Campanha em duas Instituições de Longa Permanência para Idosos. Jacy Aurélia Vieira de Sousa, coordenadora da residência, destaca que atuar no combate à violência contra a pessoa idosa é uma das funções do programa. “Nós sempre buscamos o engajamento em ações que fomentem a discussão sobre o tema, como a sensibilização dos profissionais de saúde, para a importância da identificação e notificação de casos suspeitos de violência”, explica.

Ao longo do mês, um banner ficará exposto nos espaços comuns do Hospital. A equipe também estregará folhetos para os profissionais, com orientações de como identificar, denunciar ou notificar casos de violência contra os idosos. “A equipe de residentes do serviço de gerontologia do HU desenvolverá um vídeo informativo e didático sobre o tema, além de realizar uma ação de sensibilização e esclarecimento entre os profissionais sobre a data”, completa.

Informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados