PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

'Comitê Volta às Aulas' reforça protocolos na rede municipal

Ponta Grossa

10 de junho de 2021 21:00

Da Redação


Relacionadas

Deputado Aliel anuncia novos recursos para PG e região

Mais de dois mil contribuintes já aderiram ao Nota PG

Servidores do Samu cobram prefeita Elizabeth na Câmara

Invest Paraná acompanha instalação de maltaria em PG
Distribuidora Coelho conta com mais de 35 mil itens em PG
PG inicia trâmites para aeroporto virar internacional
Balansin pede moção de aplauso para Sandro Alex
'Comitê Volta às Aulas' reforça protocolos. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Grupo acompanha CMEIs e Escolas no cumprimento do Protocolo de Biossegurança para as atividades presenciais, verificando se os cuidados contra a Covid-19 estão sendo seguidos e se há necessidade de reposição de materiais

O  'Comitê Volta às Aulas', formado por representantes da Secretaria Municipal de Educação (SME), Fundação Municipal de Saúde e Sindicato dos Servidores Municipais (SindServ), realiza visitas periódicas às escolas e CMEIs, com o objetivo de verificar o cumprimento de protocolos de biossegurança contra a Covid-19.

Nestas visitas, as equipes realizam um checklist com as equipes pedagógicas de cada unidade, buscando verificar se o protocolo contra a Covid-19 está sendo seguido corretamente, além de observar se há necessidade de reposição de materiais ou o reforço de alguma orientação em relação aos procedimentos de rotina para prevenção ao vírus.

A professora Vanilda Aparecida, da Escola Municipal Dercia do Carmo Noviski, diz que as aulas presenciais estão sendo muito importantes. Para ela, esta “é a forma mais adequada de avaliar o nível de rendimento e aprendizado dos alunos”.

Conforme a SME, o retorno às atividades presenciais está sendo realizado gradativamente e com cautela, avaliando as condições de cada unidade escolar para a continuidade das atividades em cada uma. Em caso de registros de funcionários que contraíram a Covid-19 ou em situação de suspeita, turmas ou a escola como um todo podem ter as atividades temporariamente suspensas.

Eliana Gualberto Carvalho, diretora da Escola Municipal João Maria Cruz, considera que a comunidade está respeitando as novas regras, como o uso das máscaras e o distanciamento nas atividades internas e externas. “A aceitabilidade é boa, tanto por parte dos alunos quanto dos pais, até porque não temos tido problemas, pois as demarcações de distanciamento estão em todo lugar da escola”.

Regras

Todas as escolas e CMEIs da rede municipal de ensino possuem demarcações de distanciamento nos ambientes de convívio social, carteiras afastadas a 1,5 m de uma a outra nas salas de aula, refeitórios com assentos marcados, álcool em gel em todas as entradas e saídas, tapetes de higienização, entre vários outros cuidados que estão sendo seguidos diariamente.

A diretora Josmaria Aparecida, da Escola Municipal Doutor Carlos Ribeiro De Macedo, acredita que o retorno em sua unidade está sendo muito respeitado. "As crianças já vêm de casa com o hábito de usar o álcool em gel a toda hora, então não vimos nenhum problema com o retorno. Os pais estão bem confiantes quanto à competência da escola com as aulas presenciais", afirma a diretora.

PUBLICIDADE

Recomendados