PUBLICIDADE

CPI da Cidatec abre série de oitivas no final de junho

Uma das pessoas que deverão ser escutadas é o ex-vereador ‘Valtão’, o qual apresentou renúncia da Câmara Municipal.

3ª reunião da CPI aconteceu na última terça-feira (15), na Câmara Municipal.
3ª reunião da CPI aconteceu na última terça-feira (15), na Câmara Municipal. -

Rodolpho Bowens

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Uma das pessoas que deverão ser escutadas é o ex-vereador ‘Valtão’, o qual apresentou renúncia da Câmara Municipal

Os ex-parlamentares Guiarone de Paula Júnior, Ricardo Albertus Zampieri, Vinicius Camargo e Walter José de Souza, bem como o vereador Ezequiel Marcos Ferreira Bueno (Avante), deverão participar, em 29 de junho, a partir das 13h, do início das oitivas da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará a empresa Cidatec Tecnologia e Sistema Ltda. Os políticos serão intimados pela ‘Comissão’, de acordo com a ata da terceira reunião do grupo, que aconteceu na última terça-feira (15). Ezequiel, Guiarone, Ricardo, Vinicius e Walter foram membros, à época, da ‘CPI do EstaR Digital’.

Na reunião de ontem, o presidente da ‘CPI da Cidatec’, Izaías Salustiano (PSB), deu vista aos documentos enviados em mídia digital pela Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) de Ponta Grossa e pela Companhia de Habitação de Ponta Grossa (Prolar). Ambas foram notificadas em 8 de junho e tiveram cinco dias úteis para enviar os arquivos para a CPI (mais informações clicando aqui).

Além disso, foi disponibilizado o relatório final da ‘CPI do EstaR Digital’. Todos os documentos serão entregues, também, para os demais integrantes da ‘CPI da Cidatec’: Joceméuri Corá Canto (PSC), Josiane Schade Kieras (PSOL), Julio Francisco Schimanski Kuller (MDB) e Paulo Roberto Balansin (PSD).

Por fim, for marcada para 22 de junho, a partir das 14h, na Sala de Comissões, a próxima reunião entre os integrantes da CPI. A empresa Cidatec é a responsável pela implantação e manutenção do Estacionamento Regulamentado (EstaR Digital) em Ponta Grossa. Também se investigará se existe algum vínculo da Cidatec com a empresa Tecno Inovais Sistema de Informação – DF System.

Objetivos CPI

Segundo o Requerimento nº 137/2021, o qual fala sobre a constituição da CPI, são apresentados os seguintes objetivos:

I – Investigar supostas irregularidades ocorridas na inexigibilidade nº 003/2019, contratos, aditivos e renovações, implantação e demais ações realizadas pela empresa Cidatec;

II – Investigar as demais licitações e contratos realizados entre a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG), suas Autarquias e Fundações, Companhia de Habitação (Prolar), envolvendo as empresas Cidatec e Tecno Inovais Sistema de Informação (DF System), bem como investigar o vínculo jurídico e societário entre as empresas;

III – Investigar e elucidar possíveis irregularidades no relatório final aprovado, bem como atos e procedimentos adotados na CPI instituída sob Requerimento nº 134/2020, cujo relatório final foi protocolado em 19/11/2020.

Mais informações sobre a CPI podem ser acessadas clicando aqui.

Assuntos semelhantes:

Nova CPI da Cidatec define presidente e relatora.

Integrantes de nova CPI da empresa Cidatec são definidos.

Cidatec, do EstaR Digital, será alvo de nova CPI da Câmara.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE