PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Ex-presidente da Prolar não comparece na ‘CPI da Cidatec’

Ponta Grossa

13 de julho de 2021 15:14

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Dupla armada rende condutor e rouba veículo em PG

Motorista perde o controle e bate em poste na Souza Naves

‘CEI da Saúde’ inicia oitivas com auditores do Estado do Paraná

Caminhada de encerramento do Outubro Rosa ocorre na sexta
Coletivo do PSOL apresenta PL sobre cotas raciais em PG
PG realiza nova etapa da 2º dose de Pfizer
1º Encontro Vida na Prestes resgata brincadeiras
Dino Athos Schrutt, ex-diretor da Prolar de Ponta Grossa. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Dino Athos Schrutt foi convocado para prestar esclarecimento sobre o contrato da Prolar com a DF System, empresa responsável pelo sistema da Companhia e com suspeita de ligação com a Cidatec

O ex-presidente da Companhia de Habitação de Ponta Grossa (Prolar), Dino Athos Schrutt, não compareceu para prestar depoimento à CPI da Cidatec na tarde desta terça-feira (13). A oitiva estava marcada para as 13 horas. Em ofício enviado ao presidente da comissão, vereador Izaías Salustiano (PSB), Dino alega que foi notificado para comparecer à Câmara somente ontem (12), e que seu advogado já tinha compromissos pré-agendados para hoje (13).

No documento, Dino afirma ainda que estará à disposição da CPI, mas pede que a notificação para prestar depoimento seja feita com antecedência.

Os membros da CPI querem ouvi-lo para esclarecimentos em relação ao contrato da Companhia com a DF System, empresa responsável pelo sistema de cadastramento de famílias interessadas em casas da Prolar. Essa empresa tem suspeita de ligação com a Cidatec, já que ambas estariam registradas no mesmo endereço.

Cautelar

Além disso, de acordo com Izaías, Dino alegou que tem uma medida cautelar do Judiciário que restringe a possibilidade de frequentar o mesmo ambiente do que o ex-diretor financeiro da Prolar, Deloir Scremin Junior. Deloir também seria ouvido nesta terça, mas não foi encontrado para receber a notificação. Dino e Deloir são alvo de investigação do Gaeco sob acusação de suspeita de desvio de dinheiro da Prolar. "Vamos deliberar com os demais membros da CPI uma nova data para ouvir o senhor Dino Schrutt, assim como o ex-diretor financeiro Deloir. Em paralelo, vamos solicitar ao Gaeco os depoimentos prestados por eles em processo que tramita no Judiciário", disse o presidente da CPI.

Oitiva

Ainda na tarde desta terça, está marcada a oitiva na CPI da ex-servidora da Câmara, Aline Andrade, que trabalhou no gabinete do vereador Ricardo Zampieri. O ex-parlamentar foi o presidente da antiga CPI que investigou o EstaR Digital em 2020, e Aline acompanhou os trabalhos daquela comissão. Conforme Izaías, ela deve elucidar questões relacionadas à elaboração dos relatórios finais dos trabalhos finalizados no ano passado.

Com informações: Blog do Doc.Com.


Assuntos semelhantes:

Vereador Paulo Balansin pede para sair da CPI da Cidatec.

CPI da Cidatec ouve servidores públicos nesta terça-feira.

Ex-membros da CPI do EstaR Digital são ouvidos na Câmara.

PUBLICIDADE

Recomendados