PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Comércio de PG define horário especial de Natal

Ponta Grossa

20 de julho de 2021 18:16

Fernando Rogala


Relacionadas

Borracharia pega fogo na região de Uvaranas em Ponta Grossa

Carro capota após acidente na Colônia Dona Luiza em PG

Homem é esfaqueado após briga em PG

Carga balança e caminhão tomba no Contorno Leste
Covid: PG tem mais três óbitos e atinge 52 mil infectados
Regional de PG receberá mais 32,9 mil doses de vacinas
Ciclista fica ferido após acidente da Visconde de Mauá
Lojas poderão abrir até mais tarde já desde o dia 1º de dezembro Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Convenção Coletiva de Trabalho foi assinada entre os sindicatos empresarial e laboral. Conforme a convenção, reajuste salarial para os trabalhadores do comércio será de 7,6% e piso sobe para R$ 1.544

O Sindicato do Comércio Varejista de Ponta Grossa (Sindilojas) e o Sindicato dos Empregados no Comércio de Ponta Grossa assinaram, nesta segunda-feira (19), a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) para o exercício 2021/2022 na cidade e região. Pelo acordo, ficou acertado, entre outros pontos, o reajuste salarial de 7,6%, elevando o ‘piso’ para R$ 1.544, e ficou estabelecido os horários especiais de abertura do comércio em feriados e de dezembro, para o Natal. Como a data-base é 1º de maio, a Convenção já em vigor tem validade até o dia 30 de abril de 2022, e abrange Ponta Grossa, Palmeira, Telêmaco Borba, Guamiranga, Ipiranga, Tibagi, Imbituva e imbaú. Assinaram o acordo o presidente do Sindilojas (sindicato empresarial), José Loureiro Neto, e o representante do sindicato laboral, Carlos Alberto Gomes Borges. 

Ao contrário de anos anteriores, que a negociação se arrastou para os últimos meses do ano, ou então invadiu o ano seguinte (como é o caso da convenção 2020/2021, que foi assinada apenas neste ano), houve o consenso para que a assinatura da convenção ocorresse o quanto antes possível, explica a executiva do Sindilojas, Sirlei Gavronski. “A situação da pandemia contribuiu para essa antecipação, porque as empresas estão precisando, por que é necessário ter as regras da CCT, e houve o consenso de resolver o quanto antes. E até pela questão de conseguir colocar as datas antecipadas, para os comerciantes conseguirem se programar melhor para o Dia dos Pais e para o Natal” resume.

O reajuste, de 7,6%, é a reposição da inflação do período (INPC), informa Sirlei. “Conseguimos negociar para que ficasse bom para os dois lados. Não tinha como ser mais pela situação da pandemia, por estar difícil para os empresários e há muita gente sem emprego. Um reajuste além do INPC poderia até resultar em desligamentos, o que, neste momento, é o que ninguém quer”, explica a executiva, lembrando que em anos anteriores a 2020, geralmente havia um aumento um pouco acima da inflação. Conforme o acordo, as diferenças de salários de maio de 2021 (data-base), decorrentes da nova convenção, deverão ser pagas pelo empregador até o próximo pagamento após a assinatura do acordo – ou seja, deverá ser junto com a remuneração referente a julho, até o início de agosto. O salário de ingresso agora passa a ser de R$ 1.266 por 90 dias e de aprendizes R$ 1.156.

Aos interessados, a CCT pode ser acessada no site do Sindilojas, neste link.

Horário estendido começa já no dia 1º de dezembro

O horário de abertura previsto para o Natal tem início já no dia 1º de dezembro, a partir de quando as lojas poderão estender a abertura por uma hora, até às 19h. O primeiro domingo que as lojas poderão abrir é 5 de dezembro, das 14h às 20 horas. “Houve o pedido, no ano passado para não começar o horário especial desde o primeiro domingo de dezembro, mas cabe lembrar que esse horário estendido não é uma obrigatoriedade, mas uma disponibilidade de abertura, e os empresários podem escolher, se abrem ou não, neste primeiro domingo do mês”, diz Sirlei. Na semana de 6 a 11 de dezembro, as lojas podem abrir até às 20 horas, e no domingo, 12, segue o esquema do dia 5 (14h às 20h). Entre 13 e 18 de dezembro, a abertura ocorrerá até às 21 horas, e no domingo, dia 19, das 9h às 21h. Na última semana até o Natal, de 20 a 23 de dezembro, a jornada de trabalho poderá ocorrer até às 22 horas.

 

Comércio poderá abrir neste feriado de Sant’Ana

Conforme a convenção assinada nesta semana, há a previsão da abertura especial do comércio para três datas neste segundo semestre, ainda antes do Natal: o feriado municipal de Sant’Ana, e as vésperas do Dia dos Pais e Dia das Crianças. No caso do dia de Sant’Ana, próxima segunda-feira, 26 de julho, as lojas poderão funcionar das 13h às 19 horas. Já para o Dia dos Pais, celebrado no dia 8 de agosto, as lojas poderão abrir no dia anterior (sábado, 7), das 9h às 20 horas. E quando à segunda-feira, dia 11 de outubro, que antecede o feriado de Nossa Senhora Aparecida, quando é celebrado o Dia das Crianças, as lojas podem abrir das 9h às 20 horas. 

PUBLICIDADE

Recomendados