PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Comissão da Câmara realiza audiência sobre machismo

Ponta Grossa

21 de julho de 2021 21:37

Da Redação


Relacionadas

Prefeitura de PG vacina 7655 pessoas neste sábado

Boletim registra 48 casos e duas mortes por covid em PG

Rapaz foge da GM em moto e leva pânico ao centro de PG

Mulher é detida furtando relógios em shopping de PG
Em PG, dono queima mato seco e termina com casa incendiada
Grupo Sucu&Plantas promove feira neste sábado em PG
Homem é preso após agredir esposa na região de Uvaranas
Evento é da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal. Foto: Kauter Prado/CMPG
PUBLICIDADE

Evento será transmitido no YouTube do CACS-UEPG e pela página do Facebook do Coletivo do PSOL

Na noite desta quinta-feira (22), a partir das 19h, acontecerá uma audiência pública sobre 'Machismo Estrutural' organizada pela Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Segurança da Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG), em parceria com o Projeto de Extensão PAPOPRIN-UEPG (Parentalidade Positiva na Primeira Infância); o Projeto de Extensão NUMAPE-UEPG (Núcleo Maria da Penha); o Projeto Violência, Gênero e Sistemas de Justiça; o CACS-UEPG (Centro Acadêmico Carvalho Santos) e o CMDM (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher).

Toda a população está convidada para participar desta audiência, que será no formato on-line e transmitida pelo canal do YouTube do CACS-UEPG e pela página do Facebook do Coletivo do PSOL.

Serão disponibilizados certificados de participação de 2h. É necessário que as pessoas interessadas se inscrevam pelo formulário: https://forms.gle/HbRwbtEdmcekuRrg7.

O evento contará com a presença de mulheres especialistas da área para a abordagem do tema. Foi confirmada também a participação de vereadoras e deputadas que contribuem na luta contra o machismo:

- Bruna Woinorvski de Miranda, Assistente Social do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, lotada no Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e anexos de Ponta Grossa. Mestre e doutoranda em Ciências Sociais Aplicadas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG);

- Mabel Canto, a primeira deputada mulher eleita nos Campos Gerais. Autora da Lei do Parto Adequado, que possibilita às mães paranaenses escolherem a via de parto;

- Maria Cristina, professora doutora do departamento de Direito Processual, coordenadora do NUMAPE/UEPG e conselheira municipal da mulher;

- Leandre Dal Ponte, Engenheira Civil  e deputada federal do Paraná. É presidente da Frente Parlamentar Mista da Primeira Infância do Congresso Nacional, Procuradora-adjunta da Mulher na Câmara dos Deputados e Presidente da Comissão Externa do Envelhecimento Saudável da Câmara dos Deputados;

- Niege Pavani, pesquisadora e militante feminista, membra da executiva nacional da Setorial de Mulheres do PSOL, atua na Frente Estadual de São Paulo e nacional contra a criminalização das mulheres e pela legalização do aborto;

- Renata Souza,  deputada estadual e Líder do PSOL na ALERJ. Jornalista e doutora em Comunicação e Cultura, é nascida e criada no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio;

- Juntamente com as organizadoras que integram a Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Segurança da Câmara Municipal de Ponta Grossa, Ana Paula de Melo, co-vereadora pelo Mandato Coletivo do PSOL e Joce Canto, vereadora do PSC.

Ana Paula afirma que apesar do machismo ser uma realidade concreta que atravessa toda a sociedade, ainda é um tema que precisa de espaços de debates qualificados. “O fato das mulheres receberem menores remunerações do que os homens, exercendo as mesmas funções; de ocuparmos as piores vagas de emprego, de sermos a maioria da população desempregada, de sermos a maioria das pessoas pobres no mundo, e sofrermos diversos processos de violência de gênero desde o nascimento até a morte. Não são fenômenos isolados, são fenômenos que expressam a forma estrutural pela qual a sociedade patriarcal se organiza e oprime as mulheres”, finaliza.

Informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados