PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Em 23 anos, RodoNorte investe R$ 5 bilhões em obras no PR

Ponta Grossa

23 de julho de 2021 23:00

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Programa prevê prazo para regularização de dívidas

Queiroga tem covid e ameaça vinda de Bolsonaro a PG

Cresol abre agência ao público nesta quarta-feira

Acidente entre van e dois caminhões fere 12 na BR-373
Santa Casa recebe aparelho de ultrassonografia
PG recebe a unidade número 50 do Giraffas no Sul
PG abre novo agendamento de 2ª dose da Astrazeneca
Diretora-presidente da CCR RodoNorte, Thais Caroline Borges. Foto: Mateus Pitela/aRede
PUBLICIDADE

Diretora-presidente da concessionária participou do quinto programa da segunda temporada do ‘Doc.Com na aRede’

No final de novembro deste ano, o contrato de concessão com a CCR RodoNorte chegará ao fim no Estado. Há 23 anos à frente das rodovias paranaenses, a concessionária já investiu, aproximadamente, R$ 5 bilhões em obras. E para conversar sobre o fim desse contrato - iniciado em 1997 –, a diretora-presidente da Companhia, Thais Caroline Borges, participou do quinto programa da segunda temporada do ‘Doc.Com na aRede’. A entrevista aconteceu com o jornalista Eduardo Farias, nesta sexta-feira (23). O bate-papo na íntegra pode ser acessado clicando aqui.

No início da conversa, a diretora-presidente explicou como foram esses anos da CCR RodoNorte operando no Paraná. “23 anos de uma história muito intensa. A gente cuida de um Estado que depende muito de rodovia. Os números são, de fato, impressionantes. R$ 5 bilhões de 1997 até o final desse ciclo. Entregaremos até 27 de novembro todas as frentes que estão em andamento. Quando assinamos o contrato em 1997, as rodovias estavam praticamente destruídas. Elas foram todas reconstruídas”, comentou.

Sobre as recentes obras realizadas pela concessionária, Thais ressaltou que “em 2019 assumimos compromissos robustos, do ponto de vista de investimentos” – foram 13 obras anunciadas, sendo que seis já foram liberadas. “Nessa frente de conservação de rodovias, que é roçada, limpeza de placa, a gente tem mais de 1 mil colaboradores. Ao todo, são 4 mil que trabalham diretamente para a concessionária”, relatou Borges.

Durante o bate-papo, a diretora-presidente também ressaltou a obra ‘Entroncamento do Jardim Sabará’, a qual deverá ser entregue na semana de 9 de agosto, conforme revelou. “Uma obra dentro de uma cidade que não pode parar. É um salto na infraestrutura. Agora, Ponta Grossa tem os acessos que ela merece. Estamos muito felizes em poder contribuir com o desenvolvimento da cidade”, citou ao lembrar de outros planejamentos que estão sendo executados no município ponta-grossense.

Por fim, Thais relatou como a concessionária viu o acordo de leniência, ocorrido em 2019. “Um momento de reconhecer falhas, de pagar por elas e de seguir em frente, de um jeito diferente, com aprendizado. De forma objetiva, os processos, dentro da Companhia, estão todos reestruturados”, pontou.

“História da RodoNorte termina com esse contrato”

Thais Caroline Borges também explicou se a CCR RodoNorte buscará uma nova concessão com o Estado do Paraná. “Foi uma empresa criada para esse contrato. A RodoNorte é uma concessionária de 25 da CCR. A história da RodoNorte é uma delas e termina com esse contrato de concessão”, anunciou, ao concluir que o Paraná é “um Estado incrível e que merece um programa ajustado”.

PUBLICIDADE

Recomendados