PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Evento debate regulamentação do uso de agrotóxicos em PG

Ponta Grossa

04 de agosto de 2021 16:13

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Carga balança e caminhão tomba no Contorno Leste

Covid: PG tem mais três óbitos e atinge 52 mil infectados

Regional de PG receberá mais 32,9 mil doses de vacinas

Ciclista fica ferido após acidente da Visconde de Mauá
PG deve aplicar 10 mil vacinas contra a covid neste sábado
Jovem é preso com arma e drogas na região da Boa Vista
Ladrões roubam carro e causam incêndio no núcleo 31 de Março
Uso de agrotóxicos foi apresentado em projeto de lei na Câmara Municipal. Foto: Enrique Marcarian
PUBLICIDADE

Audiência Pública acontecerá nesta quinta-feira (5), a partir das 19h e será transmitida via redes sociais do Mandato Coletivo do PSOL

O Mandato Coletivo do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Ponta Grossa realizará uma audiência pública, na próxima quinta-feira (5), para debater o Projeto de Lei (PL) nº 186/2021, que dispõe sobre a regulamentação do uso e aplicação de agrotóxicos no município ponta-grossense. Em resumo, o PL prevê a proibição de pulverização de agrotóxicos em uma distância de 300 metros de conjuntos habitacionais e equipamentos públicos, podendo ser reduzida para 50 metros, caso seja implantado uma barreira verde.

Assinam como coautores do projeto de lei, juntamente com o Mandato Coletivo do PSOL, a vereadora Joceméuri Corá Canto (PSC) e os parlamentares Julio Kuller (MDB) e Geraldo Stocco Filho (PSB).

A mesa da audiência pública será composta por especialistas das áreas de Medicina, Agronomia, Direito e Serviço Social. Na ocasião, serão apresentados os impactos dos agrotóxicos na saúde das pessoas, e nas comunidades periféricas de Ponta Grossa, além das questões legais relacionadas ao PL. O evento será transmitido pelas redes sociais do Mandato Coletivo do PSOL, e toda comunidade poderá participar com intervenções por meio dos comentários.

Informações: Assessoria de Imprensa.


Assuntos semelhantes:

Audiência Pública traz debate sobre Machismo Estrutural.

Preservação de 170 km de córregos é debatida na Câmara.

PUBLICIDADE

Recomendados