PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Grupos se organizam para manifestos em 7 de setembro

Ponta Grossa

03 de setembro de 2021 17:21

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Carro invade loja após acidente na região central de PG

Prédio do NPJ recebe nome do professor Wilson Comel

Autor de homicídio é localizado e preso no Centro de PG

'Agência Móvel' oferta 300 vagas nesta quinta em PG
Mundo Animal lança campanha para doação de agasalho em PG
PG recebe lançamento de livro sobre autismo para crianças
La Belli Master Hall promove festa eletrônica com Liu
A cidade de Ponta Grossa deverá ter manifestações em 7 de setembro. Foto: Otto Drone.
PUBLICIDADE

Secretaria de Cidadania e Segurança Pública de Ponta Grossa diz que acompanha possíveis manifestações e afirma que garantirá segurança aos munícipes

A cidade de Ponta Grossa deverá ter manifestos em 7 de setembro, data em que se celebra o ‘Dia da Independência do Brasil’. Vários grupos, ao redor do Brasil, têm se organizado para realizar protestos. Em sua maioria, uma ala busca defender o Governo Federal, bem como pede intervenção militar e o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), por exemplo, e outra ala se mostra contrária ao atual governo do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), além de defender a democracia e o respeito aos três Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário.

Na cidade ponta-grossense, dois atos foram comunicados ao Grupo aRede. O primeiro, intitulado ‘Mobilização 7 de Setembro pela liberdade’, acontecerá das 6h às 16h, na ‘Concha Acústica’ de Ponta Grossa, em frente ao Colégio Regente Feijó. Na ocasião acontecerá dois momentos: clamor e intercessão; e hasteamento da bandeira do Brasil. Segundo o organizador, Tito Fonseca, o intuito é se mobilizar em favor da liberdade de expressão. Ele ainda fala que o ato deverá ter a presença de caminhoneiros, agricultores e cristãos de Ponta Grossa. Além disso, Tito explica que haverá apresentação de bandas, de crianças e representantes religiosos. “Toda população de bem, que luta pela liberdade e pelo Brasil”.

A outra manifestação encaminhada ao Grupo aRede leva o nome de ‘7 de setembro, o povo é soberano! Manifestação em defesa da democracia’. A concentração será na Praça dos Polacos, a partir das 14h, e contará com uma passeata até o Parque Ambiental. No local, às 15h, iniciará os manifestos.

Segurança

O Grupo aRede entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG), em 31 de agosto, perguntando como a Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP) estaria se organizando para os possíveis atos. Em resposta, o Poder Executivo comentou que “ainda não recebeu nenhum aviso oficial sobre a realização de atos no dia 7 de setembro. No entanto, o Município ressalta que segue acompanhando a situação e, caso sejam confirmadas eventuais manifestações, irá proceder, junto com as demais forças de segurança, com as devidas medidas para garantir a segurança da população”, explica.

Além disso, o Grupo aRede buscou informações da Secretaria da Segurança Pública do Paraná, para entender como o Estado também estaria se organizando para as possíveis manifestações de 7 de setembro. Entretanto, até o fechamento desta notícia, não recebeu nenhuma resposta.

Crise

Muito em função dos ataques do presidente Bolsonaro, o qual vem alegando, sem provas, que o processo eleitoral brasileiro possui fraudes - ele foi eleito por esse processo, uma crise política foi instaurada entre os três Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. O representante tem atacado as instituições democráticas do Brasil, pedindo, inclusive, o impeachment de ministros do STF. Dessa forma, os atos de 7 de setembro são observados com atenção pelos agentes de segurança, visto que conflitos podem acontecer entre os apoiadores e críticos do Governo Federal.


Assunto semelhante:

Ponta Grossa não terá desfiles de 7 e 15 de setembro.

PUBLICIDADE

Recomendados