PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PG integra missão internacional que vai à Expo Dubai

Ponta Grossa

20 de setembro de 2021 14:36

Da Redação


Relacionadas

Prefeitura diz que invasão de área é crime contra a sociedade

Motorista embriagado bate contra poste em bairro de PG

Homem é atingido por disparo de arma de fogo em Uvaranas

Mulher ameaça marido com arma e é detida em PG
PG volta a obrigar uso de máscaras em locais abertos
Prefeitura pede reintegração de posse de terreno invadido
GM encontra pé de maconha em casa abandonada
A missão vai levar representantes do Paraná à Expo Dubai Foto: Geraldo Bubniak/AEN
PUBLICIDADE

Missão técnica-comercial Paraná Business Experience 2021 vai aos Emirados Árabes Unidos durante a Expo Dubai 2020 para atrair novos negócios e investimentos

Promover as vocações do Paraná para o mundo. Essa é a premissa da missão técnica-comercial Paraná Business Experience 2021, que de 10 a 16 de outubro vai colocar o Estado no centro das atenções de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Lançada oficialmente nesta segunda-feira (20), a missão vai levar representantes do Paraná à Expo Dubai, exposição internacional que concentra mais de 190 países em 181 dias de evento e espera receber 25 milhões de visitantes.

O Estado será o protagonista do Pavilhão do Brasil ao longo da semana, com uma exposição imersiva que apresenta o Paraná a seus visitantes, do potencial agroindustrial e de geração de energia aos roteiros turísticos e parcerias em diversas áreas da gestão pública. Paralelamente à mostra, a agenda prevê rodadas de negócios para atrair novos investimentos, nos mesmos moldes dos Paraná Day que ocorreram na Espanha, no México e nos Estados Unidos.

A comitiva é composta por representantes do Governo do Estado, de municípios paranaenses e de empresas que almejam expor sua marca e captar novos investimentos no Exterior – elas também são as patrocinadoras da missão. O evento, que deveria ter ocorrido em 2020, também celebra a reabertura econômica no pós-pandemia.

“Essa é a maior feira de exposições do mundo, e uma ótima oportunidade para o Paraná apresentar todo o seu potencial de produção. Não vamos fazer apenas uma apresentação, mas buscar a chance de fecharmos novos negócios. Queremos trazer investimentos, indústrias, parceiros, e queremos que os empresários paranaenses também possam vender seus produtos para outros países. Para isso, estamos levando a maior comitiva que o Estado montou com empresários nos últimos 30 anos”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior no evento de lançamento, realizado no Palácio Iguaçu. Ele também será o líder da missão.

O embaixador dos Emirados Árabes Unidos no Brasil, Saleh Alsuwaidi, comemorou a programação paranaense e reforçou o potencial comercial da relação bilateral. “Essa é uma importante oportunidade de impulsionar o relacionamento entre os Emirados Árabes Unidos e o Paraná. Além da participação da semana do Paraná no pavilhão brasileiro, a Expo Dubai tem duração de seis meses, o que estende as oportunidades de contato entre as comunidades”, ressaltou. O diplomata participou do lançamento por videoconferência.

RODADAS DE NEGÓCIOS – As rodadas de negócios do Paraná Business Experience serão realizadas nos dias 11 e 12 de outubro com potenciais interessados, como fundos de investimentos, empresas internacionais e traders. Na programação, elas são divididas entre setores estratégicos para o desenvolvimento sustentável: automotivo; agronegócio; alimentos e bebidas; papel, madeira e celulose; bem-estar; e infraestrutura e tecnologia da informação; além de uma agenda específica para os municípios.

“O evento principal é a Expo Dubai 2020, onde o Paraná assume o Pavilhão do Brasil durante uma semana. Mas estamos indo para fazer negócios. Por isso, ao mesmo tempo em que estamos contando a história do Paraná na exposição, nós planejamos um evento paralelo muito ousado em que vamos fazer com que empresas, investidores e fundos façam novas conexões”, explicou Eduardo Bekin, diretor-presidente da Invest Paraná, autarquia responsável pela ponte com a organização do evento, feita pela Apex Brasil.

Além das empresas interessadas, fazem parte da comitiva oito cidades: Ponta Grossa, Cascavel, Toledo, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Maringá e Pato Branco. Durante a missão, elas terão oportunidades específicas de mostrar suas vocações e potencialidades.

A prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Schmidt, ressaltou que essa é uma das primeiras grandes oportunidades do município se mostrar ao mundo. “Somos um grande produtor de grãos, temos comércio forte, serviços e indústrias de ponta. Acredito que, nessa retomada pós-pandemia, temos um momento especial para mostrar isso ao mundo”, disse. 

AGENDA – A agenda oficial da comitiva começa no dia 9 de outubro com um encontro com o embaixador brasileiro nos Emirados Árabes Unidos. Um dia depois será a cerimônia de abertura da semana do Paraná no Pavilhão do Brasil e a primeira apresentação do espetáculo de projeção mapeada que integra a programação do Estado no local.

Nos dias 11 e 12, no hotel Crowne Plaza, serão realizadas as rodadas de negócios. Na sequência, ao longo dos dias 13 e 14, estão previstas visitas a outros pavilhões da Expo Dubai, além da participação no evento internacional Global Forum Africa, que reúne investidores de diferentes países africanos. Já no dia 15, a agenda é de networking nos pavilhões da Expo Dubai.

PAVILHÃO DO PARANÁ – A Expo Dubai 2020 será realizada entre 1º de outubro de 2021 e 31 de março de 2022, e terá como tema a frase “Conectando Mentes, Criando o Futuro”. Os países participam com pavilhões que representam suas nações, divididos em três distritos: Oportunidade, Mobilidade e Sustentabilidade.

O Pavilhão do Brasil, que integra a área da sustentabilidade, terá 4.380 metros quadrados. O Paraná será o primeiro estado a assumir o espaço brasileiro na feira, que tem como objetivo mostrar o desenvolvimento tecnológico dos países e discutir as perspectivas do futuro da sociedade.

O conceito da exposição paranaense é batizado de “Wow! All Around”, frase em inglês equivalente a “surpresa por toda parte” e que sugere as diversas formas de encantamento que o Estado pode proporcionar a quem o conhece.

Isso toma forma através de um espetáculo artístico dividido em 18 atos que englobam diferentes aspectos da história. A história começa com o descobrimento do Paraná através do Litoral, e segue de Leste a Oeste, do Porto de Paranaguá às Cataratas do Iguaçu. Assim, os atos do espetáculo destacam diversas qualidades do Estado, como sua natureza, cultura, indústria, agronegócio, indústria, logística, educação, entre outros.

 

PUBLICIDADE

Recomendados