PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Agência do Trabalhador realiza 'Dia D' para PCDs

Ponta Grossa

20 de setembro de 2021 19:44

Da Redação


Relacionadas

PG terá voos diários a partir de março de 2022 para Campinas

Escola de PG tem assédio e onda de protestos

Justiça de PG revoga medidas protetivas contra Milos

Série de assassinatos tem relação com o tráfico de drogas
Sanepar afirma intensificar análise da água de PG
Inscrições de edital da cultura encerram nesta sexta-feira
Vereadores cobram Sanepar por situação da água de PG
Atendimento acontecerá das 8 às 16 horas Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Evento acontece o dia inteiro nesta sexta (24), com atendimento exclusivo para o público-alvo


A Prefeitura de Ponta Grossa realiza nesta sexta-feira (24), o Dia de Inclusão Social e Profissional das Pessoas com Deficiência e dos Beneficiários Reabilitados do INSS. O objetivo do "Dia D" é oportunizar para este público o ingresso no mercado de trabalho, identificando o talento e as qualificações necessárias para as vagas que são disponibilizadas. O evento acontece das 8 às 16 horas na Agência do Trabalhador.

Adriano Gonsalves, diretor da Agência do Trabalhador explica que a iniciativa ocorre há alguns anos, por se tratar de um movimento nacional. Ele conta que é a oportunidade de buscar o encontro entre os trabalhadores PcD que buscam emprego e as empresas que estão em busca de profissionais com este perfil. “Neste dia vamos priorizar o atendimento para este público e para as empresas que tiverem o interesse na contratação PcD. Em virtude disso, orientamos os munícipes que se enquadram nestes quesitos a levaram a Carteira de Trabalho, o laudo médico e o currículo”, disse Gonsalves, alertando que no momento a Agência conta 28 empresas que já confirmaram presença no evento e mais de 30 vagas abertas, específicas para PCD, como também outras que realizarão apenas a captação de currículos para oportunidades futuras.

De acordo com a Lei Nº 8.213 de 1991, que dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências, no Art. 93. a empresa com 100 ou mais empregados está obrigada a preencher de 2% a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas portadoras de deficiência, habilitadas. De 100 a 200 empregados deve contar com 2%; de 201 a 500, o percentual é de 3%; de 501 a 1 mil a legislação obriga ter 4% e de 1.001 em diante, 5% dos colaboradores devem ser PcD.

O secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, José Loureiro Neto, comenta que o evento cumpre um papel de inclusão importante, auxiliando o trabalhador reabilitado e PCD, mas também as empresas que em alguns casos têm dificuldades de cumprir com a determinação legal. “Temos a certeza que conseguiremos encaixar diversas oportunidades entre os presentes, considerando a necessidade das empresas em suprir as cotas estabelecidas em lei, mas também auxiliando os munícipes a conquistar seu espaço no mercado de trabalho”, finaliza Loureiro.


As informações são da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados