PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PG recebe a unidade número 50 do Giraffas no Sul

Ponta Grossa

21 de setembro de 2021 19:02

Fernando Rogala


Relacionadas

CMT deve propor subsídios para evitar tarifa de R$ 8,35

Abre processo seletivo para a UPA Santa Paula

Appeldorn Atacado investe R$ 20 mi em Uvaranas

Confira as vagas de emprego desta segunda-feira (25/10)
Maior Rede de Networking, BNI Rocket faz 2 anos em PG
PG vacina jovens de 12 a 17 anos na próxima semana
Ratinho exalta união do Estado e PG em busca da ESA
PUBLICIDADE

Restaurante foi inaugurado nesta terça-feira e já está aberto ao público. Rede se destaca pela grande diversidade no cardápio

Já está aberto em Ponta Grossa o primeiro restaurante do Giraffas no município. A rede de fast-food abriu as portas começou a receber o público nesta terça-feira (21), em um imóvel construído em uma área de mais de 800 metros quadrados para receber o empreendimento, na esquina das ruas Doutor Paula Xavier e Prudente de Morais, no Bairro Estrela. A unidade local foi um marco para a rede, por ser o restaurante de número 50 no Sul do Brasil. Em todo o país, o Giraffas possui mais de 400 unidades, presentes em todas as regiões brasileiras.

Na abertura da unidade, esteve presente o diretor de expansão do Giraffas, Eduardo Guerra. Em entrevista ao Jornal da Manhã e Portal aRede, ele destacou a relevância da cidade e de toda a região Sul para a empresa, já vislumbrando novos aportes. “Ponta Grossa faz parte da nossa estratégia de expansão. Na região Sul, temos acelerado muito nossa expansão: é a principal região, o vetor de crescimento está sendo aqui. Essa é a loja de número 50 no Sul e a 19ª no Estado do Paraná. Temos investido bastante, criando laços bastante intensos com o Sul, e Ponta Grossa é uma das cidades que temos focado expansão. E muitas outras virão nessa região, em momentos muito próximos”, revelou Guerra.

A rede é bastante conhecida em todo o país, mas para quem não conhece, Guerra explica o perfil da empresa: atender todo tipo de cliente, inclusive famílias. “O principal diferencial do Giraffas é a diversidade. O Giraffas nasceu como uma cadeia que tinha hambúrgueres, e aos poucos foi ampliando a variedade para pratos, saladas. A loja tem um som muito legal, tem varanda para happy hour, e uma área infantil enorme. Então podemos receber famílias inteiras: o pai, por exemplo, pode comer picanha, a mãe uma salada, o filho comer um sanduíche e a filha uma chapa de batata frita”, explica.

Diante desse aporte, o diretor de expansão convida os ponta-grossenses a conhecerem a unidade. “Foi um investimento grande que fizemos com o apoio de parceiros, que são os franqueados locais, que vão estar no dia a dia recebendo todos os clientes com a maior atenção e dedicação. Empregamos mais de 20 pessoas, todas incríveis, super animadas por estarem trabalhando conosco, então estamos com a estrutura toda pronta para atender vocês, clientes, com a melhor qualidade possível”, conclui.

 

Rede possui mais de 400 restaurantes

Eduardo Guerra, mais do que diretor de expansão do grupo, é filho do fundador da empresa (Carlos Guerra). Ele recorda a história de crescimento do Giraffas, que se tornou a maior rede de refeições rápidas do Brasil. “O Giraffas faz, neste ano, 40 anos, nasceu em 1981 em Brasília, como uma lanchonete pequena. Tinha sanduíches, que temos até hoje em nosso cardápio, e a partir da década de 1990, inserimos pratos, refeições rápidas, grelhados. Fomos a primeira rede a levar proteína, arroz, feijão, farofa, salada, para um restaurante de fast food. E em meados da década de 1990 começamos a sair de Brasília para conquistar o mercado nacional”, conclui. 

PUBLICIDADE

Recomendados