PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Programa Primeiro Emprego é apresentado para industriais

Ponta Grossa

22 de setembro de 2021 19:08

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Jovem arrisca manobra e cai de moto na região de Uvaranas

Caminhão pega fogo após ser atingido por raio em PG

Presidente da Sanepar visita estação em PG

Projeto oferece palestra do Outubro Rosa a empresas
PG recebe hoje maior grupo de samba raiz do Brasil
Polícia Civil apreende drogas em operação na Nova Rússia
Jovem morto no bairro Boa Vista é identificado
Diretor da Agência do Trabalhador, Adriano Gonsalves, apresentou o programa. Foto: Divulgação/PMPG.
PUBLICIDADE

Empresas terão benefícios fiscais para darem a primeira oportunidade de trabalho

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) participou, na manhã desta quarta-feira (22), de uma reunião no Senai, que reuniu industriais dos sindicatos patronais das indústrias madeireira, metalúrgica, minerais, mecânica e de panificação com o objetivo de divulgar o 'Programa Municipal do Primeiro Emprego'. O diretor da Agência do Trabalhador, Adriano Gonsalves, discorreu sobre as vantagens tributárias para as empresas que aderirem ao Programa.

Gonçalves explicou que para as empresas cadastradas no Prompe serão concedidos créditos exclusivamente para quitação de tributos municipais como IPTU (sobre imóvel próprio ou locado pela empresa); ITBI (para aquisição de imóvel para a empresa); bem como para a Taxa de Fiscalização de Funcionamento do estabelecimento. “Vale salientar que devido aos benefícios fiscais, o número de vagas para cada exercício será definido pela Secretaria Municipal da Fazenda, e não poderá ultrapassar o número de 500 trabalhadores beneficiados ao mesmo tempo por ano. Para 2021, trabalharemos para gerar 200 vagas de empregos nestes moldes, até o final deste ano”, elucida.

O diretor ressalta que a contrapartida do benefício fiscal tem um cunho social de grande importância, pois serão beneficiados com este Programa, jovens com idade entre 18 a 24 anos completos, sem experiência no mercado de trabalho, salvo registro como menor aprendiz e que tenham cumprido suas obrigações civis, militares e eleitorais. “Dessa forma, além de ter benefícios, as empresas participantes auxiliam jovens a ingressarem no mercado de trabalho, promovendo a inclusão social e a geração de renda, mas também, de forma subsidiada pelo Município, atuam na formação de mão de obra qualificada que poderá ser útil para a própria empresa”, salienta Gonsalves.  

A diretora executiva da Casa da Indústria, Priscilla Garbelini, entende que é uma grande iniciativa da Prefeitura, pois a cidade conta com uma quantidade significativa de pessoas entre 18 a 24 anos que nunca trabalharam, mas que estão se preparando e fazendo cursos técnicos. “Nós da Casa da Indústria recomendamos para as empresas sindicalizadas a aderirem ao Prompe, pois é uma excelente oportunidade para as empresas de descobrir e investir em qualificação para novos talentos”, avalia Priscilla.

As empresas interessadas devem cadastrar-se na Coordenadoria de Desenvolvimento Industrial, Comercial e Tecnológico da SMICQP, através do endereço eletrônico a ser disponibilizado na página da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa na internet. “Uma comissão já analisa os formulários preenchidos e as certidões solicitadas para as empresas interessadas, e nas próximas semanas os cadastros aprovados serão encaminhados para a Agência do Trabalhador. Mesmo assim, mantemos as inscrições abertas para aumentarmos a quantidade de oportunidades ofertadas. Por isso continuamos o trabalho de sensibilização dos empresários para aderirem ao Prompe”, finaliza Gonsalves.

Participaram do evento representantes do Sindicato das Indústrias de Serrarias, Carpintarias e Tanoarias e de Marcenarias de Ponta Grossa (Sindimadeira), Sindicato Das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Ponta Grossa (Sindimetal), Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios dos Campos Gerais (Sindirepa), Sindicato da Panificação de Ponta Grossa (Sindipan), Sindicato da Indústria da Extração de Minerais Não Metálicos de Ponta Grossa, além de lideranças do Senai, Fiep e UEPG.

Com informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados