PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

MP abre inquérito para apurar larvas na água de PG

Ponta Grossa

19 de outubro de 2021 16:35

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Colisão no Jardim Carvalho deixa duas vítimas feridas

Após um mês, família continua busca pelo cão 'Totó' em PG

Operação prende membros de grupo criminoso em PG

Dupla rouba carro e é detida pouco tempo depois em PG
Moradores de rua incendeiam edificação no Jardim Carvalho
Angelo Pilatti quer valorização dos advogados na OAB-PG
Grave acidente na BR-376 mobiliza bombeiros
Ministério Público do Paraná realizará as investigações. Foto: Divulgação/MPPR.
PUBLICIDADE

Instituição aguarda respostas da Sanepar, Poder Executivo e IAT para prosseguir com as investigações

O Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio da 6ª Promotoria de Justiça de Ponta Grossa, que tem atribuição na área de defesa do consumidor, abriu um inquérito civil para investigar o caso dos microcrustáceos na água da cidade ponta-grossense. As informações são da assessoria de comunicação da instituição. Nesta terça-feira (19), a prefeita do Município, Elizabeth Silveira Schmidt (PSD), também cobrou a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) sobre a situação. Na ocasião, ela solicitou melhorias na água entregue aos munícipes de Ponta Grossa.

De acordo com o MPPR, a promotoria aguarda informações solicitadas à Sanepar, Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) e Instituto Água e Terra (IAT) para que a apuração do caso possa acontecer. Na última sexta-feira (15), moradores ponta-grossenses relataram que larvas estariam saindo das torneiras (clique aqui para mais informações). Por conta disso, vereadores da Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG) também cobraram a concessionária paranaense.

Segundo Elizabeth, “é inadmissível que a população receba em casa uma água fora dos padrões mínimos de qualidade. Notificamos a concessionária, exigindo que tome imediatamente as medidas para resolução deste problema. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente está acompanhando de perto essas ações”, disse nesta terça-feira (19) – acesse a notícia na íntegra aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados