PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Programa Municipal do Primeiro Emprego abre vagas

Ponta Grossa

20 de outubro de 2021 11:31

Da Redação


Relacionadas

Colisão na região central deixa uma vítima ferida em PG

Comissão aprova relatório de Aliel para incentivo à indústria

Campeonato Paranaense de Arrancada terá etapa em PG

Colisão na Vila Estrela deixa duas vítimas feridas
Após um mês, família continua busca pelo cão 'Totó' em PG
Operação prende membros de grupo criminoso em PG
Dupla rouba carro e é detida pouco tempo depois em PG
Prefeitura concederá incentivos fiscais para empresas que contratarem jovens de 18 a 24 anos. Foto: Divulgação/Agência Brasil
PUBLICIDADE

Prefeitura concederá incentivos fiscais para empresas que contratarem jovens de 18 a 24 anos

A Prefeitura de Ponta Grossa busca empresas para aderirem ao Programa Municipal Primeiro Emprego. A iniciativa, lançada em agosto, oferece benefícios fiscais para empresários contratarem colaboradores que não tiveram registro na Carteira de Trabalho. O incentivo fiscal será de 40% do salário mínimo, por mês, por colaborador contratado, que será deduzido do valor de tributos municipais do ano subsequente. Das 200 vagas que serão subsidiadas pelo Município, até o momento, apenas nove foram disponibilizadas, por duas empresas da cidade.

Leonardo Puppi Bernardi é empresário do setor madeireiro. Sua empresa contratará de uma vez só, quatro pessoas para as funções de almoxarife, de separador de pedidos e para auxiliar industrial, com duas vagas. Segundo ele, a experiência será um aprendizado, pois era de costume contratar trabalhadores a partir de 25 anos e em alguns casos, a partir de 30 anos. “Contratar jovens de 18 a 24 anos é um desafio, ainda mais considerando a falta de experiência. Porém, entendemos que isso será benéfico não apenas para a empresa pelo incentivo fiscal, mas também para uma mudança na cultura organizacional, pensando no futuro. E isso, sem contar com a contribuição para o mercado de trabalho que terá profissionais preparados mais cedo”, disse o empresário.

“Em 2021, no início de agosto, a Prefeitura lançou o Prompe, divulgando para os empresários as vantagens de aderirem ao Programa. No entanto, mesmo assim a adesão está muito pequena. Até o momento duas empresas aderiram e apenas nove vagas foram liberadas, sendo quatro em uma empresa e cinco em outra”, disse o secretário municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional (SMICQP), que confessa que esperava uma adesão maior do empresariado, considerando as vantagens oferecidas pela contratação de jovens para o primeiro emprego. 

Loureiro explica que para as empresas cadastradas no PROMPE serão concedidos créditos exclusivamente para quitação de tributos municipais como IPTU (sobre imóvel próprio ou locado pela empresa); ITBI (para aquisição de imóvel para a empresa); bem como para a Taxa de Fiscalização de Funcionamento do estabelecimento. Devido aos benefícios fiscais, o número de vagas para cada exercício será definido pela Secretaria Municipal da Fazenda e não poderá ultrapassar o número de 500 trabalhadores beneficiados ao mesmo tempo por ano. Para 2021, está sendo trabalhado para gerar até 200 vagas de empregos nestes moldes. “O benefício fiscal está R$ 440,00 por trabalhador mensal e R$ 5.280,00 por ano, por colaborador contratado pelo Programa”, ressalta o secretário municipal.

Para aderir ao PROMPE

As empresas interessadas devem cadastrar-se na Coordenadoria de Desenvolvimento Industrial, Comercial e Tecnológico da SMICQP, através do endereço eletrônico a ser disponibilizado na página da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa na internet.

Saiba mais: https://www.pontagrossa.pr.gov.br/prompe

Com informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados