PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Exército diz que escolha de Recife pela ESA foi técnica

Ponta Grossa

25 de outubro de 2021 18:47

Da Redação


Relacionadas

Instituto Pedro Gaspar realiza ação ‘Anjos do Bem’ em PG

Indivíduo morre esfaqueado na região central de PG

Homem morre atropelado por trem neste sábado em PG

Presidente do PSOL vem a PG na próxima semana
PG volta a obrigar o uso de máscaras em ambientes abertos
Leilão solidário de vinhos arrecada R$ 54 mil em PG
Transformarte realiza audições para bolsas de estudo em teatro
Decisão do Exército Brasileiro saiu na última semana. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil.
PUBLICIDADE

De acordo com o documento, escolha foi pautada “por aspectos eminentemente técnicos”

Na 339ª Reunião do Alto-Comando do Exército, realizada de 18 a 21 de outubro, foram apresentados os estudos complementares sobre as três guarnições selecionadas para sediar a futura Escola de Formação e Graduação de Sargentos de Carreira do Exército (ESA).

Atualmente, a formação dos sargentos de carreira ocorre em estabelecimentos de ensino militar localizados em diferentes guarnições do Exército. A nova Escola permitirá concentrar a formação em uma única instituição, gerando a economia de meios (pessoal e material) e de recursos orçamentários. Proporcionará, também, a unificação da experiência militar oferecida aos homens e às mulheres que nela ingressarem, incrementando a qualidade de formação e fortalecendo a coesão e o espírito de corpo dos integrantes da Força Terrestre.

Os estudos acerca de possíveis locais foram conduzidos durante quase dois anos e abrangeram todo o território nacional. Ocorreram várias reuniões com autoridades públicas interessadas, para a melhor análise e o pleno entendimento das contrapartidas oferecidas ao Exército por cada cidade/estado. Como resultado, três guarnições - Recife/PE, Ponta Grossa/PR e Santa Maria/RS foram selecionadas para a segunda fase do trabalho, na qual o estudo foi ainda mais minucioso.

Foram visualizados inúmeros benefícios para a futura sede da nova Escola. Podem ser destacados, dentre outros, o aumento da oferta de empregos diretos e indiretos e o incremento na atividade econômica local, decorrentes da presença dos alunos, instrutores e familiares. Cabe ressaltar, ainda, que a cidade escolhida passará a ser a referência nacional e internacional como o berço da formação de todo o efetivo profissional de sargentos do Exército Brasileiro.

Assim, ao término do processo de escolha, pautado por aspectos eminentemente técnicos, a cidade de Recife (PE) foi selecionada para sediar a nova Escola.

O Exército Brasileiro agradece, de modo efusivo, o empenho, a dedicação e a disponibilidade das diversas autoridades e dos diferentes representantes de instituições públicas e privadas de todas as cidades e estados envolvidos no processo, bem como manifesta a honra de contar com a inestimável confiança dos pernambucanos, paranaenses e rio-grandenses nesse processo, reforçando os laços que unem a Força Terrestre ao Povo brasileiro.

Com informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados