PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Exército diz que escolha de Recife pela ESA foi técnica

Ponta Grossa

25 de outubro de 2021 18:47

Da Redação


Relacionadas

Passagem de ônibus sobe para R$ 5,50 a partir de hoje em PG

Jorge Sebastião é eleito presidente da OAB Ponta Grossa

Maior Black Friday do mundo real acontece no Palladium PG

PG divulga calendário letivo escolar para o ano de 2022
Sala do Empreendedor garante 7º Prêmio Gestor Público
Sebrae/PR vai capacitar investidores de startups em PG
Grupo aRede faz live com Ratinho sobre o fim do pedágio
Decisão do Exército Brasileiro saiu na última semana. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil.
PUBLICIDADE

De acordo com o documento, escolha foi pautada “por aspectos eminentemente técnicos”

Na 339ª Reunião do Alto-Comando do Exército, realizada de 18 a 21 de outubro, foram apresentados os estudos complementares sobre as três guarnições selecionadas para sediar a futura Escola de Formação e Graduação de Sargentos de Carreira do Exército (ESA).

Atualmente, a formação dos sargentos de carreira ocorre em estabelecimentos de ensino militar localizados em diferentes guarnições do Exército. A nova Escola permitirá concentrar a formação em uma única instituição, gerando a economia de meios (pessoal e material) e de recursos orçamentários. Proporcionará, também, a unificação da experiência militar oferecida aos homens e às mulheres que nela ingressarem, incrementando a qualidade de formação e fortalecendo a coesão e o espírito de corpo dos integrantes da Força Terrestre.

Os estudos acerca de possíveis locais foram conduzidos durante quase dois anos e abrangeram todo o território nacional. Ocorreram várias reuniões com autoridades públicas interessadas, para a melhor análise e o pleno entendimento das contrapartidas oferecidas ao Exército por cada cidade/estado. Como resultado, três guarnições - Recife/PE, Ponta Grossa/PR e Santa Maria/RS foram selecionadas para a segunda fase do trabalho, na qual o estudo foi ainda mais minucioso.

Foram visualizados inúmeros benefícios para a futura sede da nova Escola. Podem ser destacados, dentre outros, o aumento da oferta de empregos diretos e indiretos e o incremento na atividade econômica local, decorrentes da presença dos alunos, instrutores e familiares. Cabe ressaltar, ainda, que a cidade escolhida passará a ser a referência nacional e internacional como o berço da formação de todo o efetivo profissional de sargentos do Exército Brasileiro.

Assim, ao término do processo de escolha, pautado por aspectos eminentemente técnicos, a cidade de Recife (PE) foi selecionada para sediar a nova Escola.

O Exército Brasileiro agradece, de modo efusivo, o empenho, a dedicação e a disponibilidade das diversas autoridades e dos diferentes representantes de instituições públicas e privadas de todas as cidades e estados envolvidos no processo, bem como manifesta a honra de contar com a inestimável confiança dos pernambucanos, paranaenses e rio-grandenses nesse processo, reforçando os laços que unem a Força Terrestre ao Povo brasileiro.

Com informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados