PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Unidade da Codapar em Ponta Grossa volta a ser leiloada

Ponta Grossa

25 de outubro de 2021 19:18

Fernando Rogala


Relacionadas

Plauto Miró reúne lideranças em PG para prestar contas

Beto Richa avalia cenário e admite possível candidatura

Ponta Grossa marca presença no Festival das Cataratas

Autor de atentado na Mesquita Imam Ali é preso em PG
Parceria com o Judiciário regularizará 5 mil lotes em PG
'Médicos de Rua' atende pessoas carentes em PG
PRF apreende grande quantidade de droga em PG
Imóvel com área total de quase 80 mil metros quadrados está localizado no Distrito Industrial Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR) fará o arrendamento oneroso de uso do imóvel


Está marcada para esta sexta-feira, dia 29 de outubro, a abertura da licitação para o arrendamento da unidade da Codapar em Ponta Grossa. O edital, com o aviso de licitação para a concorrência pública foi divulgado nesta segunda-feira (25), através da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, através do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR) – Iapar Emater. A unidade pertencente à Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (hoje IDR) está localizada no Distrito Industrial Prefeito Cyro Martins, com acesso pela Avenida Continental, que margeia a BR-376 na cidade, na altura do quilômetro 504. 

O objetivo do IDR, informa o edital, é o arrendamento oneroso de uso da Unidade, ou seja, na prática, a locação do espaço, com o foco na atuação no agronegócio, para o armazenamento e beneficiamento de produtos agrícolas. A estrutura contempla um complexo industrial com área total de 8.426,10 m² (dos quais, uma Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS), de 7,5 mil m²; um Posto de Mecanização Agrícola (PMA), com 655 m²; e uma Unidade de Beneficiamento de Mel (UBM), com 258 m²), em um terreno de 78.625,30 m². O edital prevê que a vencedora realize investimentos na referida área, necessários à demolições, adaptações, construções, administração e operação de uma Unidade de armazenagem, movimentação e beneficiamento de produtos alimentícios e insumos destinados à produção agrícola.

Conforme o edital, assinado pelo diretor-presidente do IDR, Natalino Avance de Souza, o prazo para recebimento dos envelopes de proposta de preços e documentos de habilitação é até as 9h do dia 30 de novembro deste ano, ao passo que o início da sessão pública está marcado para as 9h30 do mesmo dia 30. O edital poderá ser acessado no Portal de Transparência do Estado (www.transparencia.pr.gov.br), e o local da sessão pública será no Setor de Compras e Contratos do IDR Paraná (Rodovia Celso Garcia Cid PR-445, Km 375 – Londrina).


Desocupado há mais de seis anos

O imóvel da Codapar em Ponta Grossa está sem uso há mais de seis anos. No final de 2015, a unidade armazenadora localizada no município foi incluída no projeto de alienação de bens inservíveis do Estado. Naquele ano, a venda do imóvel foi solicitada e aprovada pelo Conselho Administrativo da Codapar. No ano seguinte, em dezembro de 2016, o imóvel foi colocado à venda em um leilão, com lance mínimo de R$ 18 milhões. O Estado, porém, não obteve êxito na venda, nem neste leilão, e nem em um outro realizado alguns meses depois. A partir de então houve a intenção de fazer o arrendamento oneroso do espaço.


Licitação já foi realizada em 2018

A intenção de um arrendamento oneroso no local é antiga: há cerca de três anos, houve uma licitação, vencida pela CGC Concessões, uma empresa mineira que tinha o objetivo de utilizar as estruturas da Codapar para instalar uma usina de reciclagem. Pelo contrato, a empresa ficaria responsável pelo espaço por 25 anos, com previsão de início de operações em 2019 – fato que não ocorreu. Nesta licitação antiga, a empresa vencedora pagaria um valor mínimo de R$ 35 mil durante as obras, passando para R$ 102 mil mensais quando em operação, valor acrescido de um mínimo variável de 20% por tonelada reciclada


PUBLICIDADE

Recomendados