PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Justiça de PG condena homem a 2 anos de prisão

Ponta Grossa

26 de outubro de 2021 18:29

Da Redação


Relacionadas

Plauto Miró reúne lideranças em PG para prestar contas

Beto Richa avalia cenário e admite possível candidatura

Ponta Grossa marca presença no Festival das Cataratas

Autor de atentado na Mesquita Imam Ali é preso em PG
Parceria com o Judiciário regularizará 5 mil lotes em PG
'Médicos de Rua' atende pessoas carentes em PG
PRF apreende grande quantidade de droga em PG
Sentença foi decretada nesta terça-feira (26), pelo Poder Judiciário do Estado do PR - Comarca de Ponta Grossa Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Réu foi condenado após tentativa de homicídio em janeiro deste ano

Fábio Alexandre Rodrigues, de 28 anos, natural de Ponta Grossa, recebeu nesta terça-feira (26) a sentença final após denúncia de violência contra duas vítimas do sexo feminino. Fábio foi sentenciado para 2 anos e 3 meses, pelo Poder Judiciário do Estado do PR - Comarca de Ponta Grossa. Fábio já estava detido há 8 meses, e deve cumprir o resto da pena e entrar em pedido de liberdade.

O crime aconteceu no dia 28 de janeiro deste ano, na Colônia Dona Luiza. Conforme a denúncia que o Portal aRede teve acesso, Fábio realizou diversos disparos contra uma vítima de sexo feminino, tendo um deles acertado o peito da vítima. No mesmo ato, o condenado disparou contra outra vítima presente no local, também do sexo feminino. As duas vítimas sobreviveram aos ataques de Fábio. A motivação do crime, segundo a denúncia, foi por ciúmes a uma das vítimas na qual manteve um relacionamento.

'Nesta terça, Fábio recebeu a sentença final. Inicialmente o caso tinha um agravante da Lei Maria da Penha nº 11.340, caracterizando como Feminicídio. Mas a sentença foi reduzida após o crime ser caracterizado como tentativa de homicídio e de lesão corporal contra as duas vítimas. A sentença final foi de 2 anos e 3 meses', diz o advogado César Gasparetto, que o defendeu. 

Fábio já estava detido provisoriamente há 8 meses, e cumprirá o resto da pena após sua sentença final. 

PUBLICIDADE

Recomendados