PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Passagem do ônibus poderá ser divulgada na semana que vem

Ponta Grossa

20 de novembro de 2021 14:12

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Delegacia de Polícia Federal em PG tem novo chefe

SESC realiza festival esportivo da mulher neste sábado em PG

Saiba qual piso vinílico é ideal para sua casa

Safra 2022 abre mais de 200 vagas de emprego em PG
Colégio estadual de PG abre matrículas para o EJA
Homem é detido em motel de PG com carro furtado
Projeto de Elizabeth altera funcionamento da TV Educativa
A Viação Campos Gerais (VCG) é atual responsável pelo transporte público de Ponta Grossa. Foto: Arquivo/aRede.
PUBLICIDADE

Informação é da prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Schmidt; cidade pode ter uma das tarifas mais caras do Paraná

O reajuste na passagem do transporte público coletivo de Ponta Grossa deverá ser anunciado na próxima semana. A informação é da prefeita da cidade, Elizabeth Silveira Schmidt (PSD), ao ser questionada pelo Grupo aRede na manhã da última sexta-feira (19), em evento do Governo Estadual. Segundo a representante do Poder Executivo, a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) tem estudado o valor técnico de R$ 8,35 da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT), bem como as recomendações do Conselho Municipal de Transportes (CMT), para que se chegue a uma tarifa acessível ao usuário do transporte coletivo.

Como noticiado pelo Grupo aRede em 18 de novembro, a cidade de Ponta Grossa pode ter uma das tarifas – quiçá a maior – de todo o Paraná. Atualmente, os usuários pagam R$ 4,30 pelo serviço da Viação Campos Gerais (VCG), concessionária responsável pelo transporte da cidade. Um reajuste não acontece desde 2019. Hoje, dentre os municípios mais populosos do estado, Maringá é quem possui a maior tarifa – R$ 5.

Para que o valor não chegue em R$ 8,35, o CMT apresentou 11 sugestões à Prefeitura. Uma delas, é a retirada de trocadores dos veículos, os chamados cobradores. Esse afastamento não aconteceria de forma imediata, mas, sim, gradual – para saber todas as informações sugeridas pelo Conselho Municipal de Transportes clique aqui. Vale destacar que o Ministério Público recomendou uma auditoria na VCG, antes que um novo valor seja aplicado na cidade de Ponta Grossa.


Leia também:

PG poderá ter a passagem de ônibus mais cara do Paraná.

PUBLICIDADE

Recomendados